[ homepage ] [ b ] [ frufru / lit / an / escoria / wired ] [ mod ] [ overboard ] [ regras / faq / banlist / histórico ]

/b/ - Random

E-mail
Assunto
Comentar
Arquivo
Inserir
Opções
Senha (Para excluir arquivos.)
  • Arquivos maiores que 250x200 pixels serão redimensionados.
  • Tipo de arquivo permitido: jpg, jpeg, gif, png, webp, jfif, mp3, webm, mp4.
  • Tamanho máximo por arquivo: 7 MB com a dimensão máxima de 10000 x 10000.
  • Você pode fazer upload de 3 images/arquivos por post.
  • Embed válidos são: Youtube - Vimeo - Dailymotion - Soundcloud - Vocaroo.
  • 7 usuárias nesse tópico.

NÃO respondam aos homens. Revisem a Regra 1.

Veja o catálogo antes de fazer um tópico.

Por favor, leiam as regras! Atualização: 21/04/22

  [Catálogo]   [Voltar]   [Arquivo]   [Destaque]

File: 1717635865491.jpeg  ( 21.91 KB , 378x484 )   ImgOps /  Google /  Yandex

00f3a   No.20863

Profissionalmente falando, é claro.

Eu jurava que seria cirurgiã (descobri uma fobia de sangue anos depois), mas hoje sou estudante de licenciatura. Serei professora! Não é tão glamoroso quando um médico da vida, mas eu vou formar algum e uns trombadinhas pelo caminho.

00f3a   No.20867

File: 1717637172969.jpg  ( 432.76 KB , 582x348 )   ImgOps /  Google /  Yandex

>>20865
Nunca nem tentei, já assumi minha incapacidade de lidar com biologia e ciências exatas no Ensino Médio.
Mas e você? Ainda sem conseguir nota o suficiente pra passar no curso mais chinelão?

47796   No.20871

File: 1717637780677.png  ( 2.83 MB , 1999x1599 )   ImgOps /  Google /  Yandex

>>20867
Bah, a anã tri debochada.

25f76   No.20872

File: 1717638557308.jpg  ( 22.63 KB , 720x663 )   ImgOps /  Google /  Yandex

>você se tornou o que queria ser quando crescesse?

Nem a sombra. Mas isso não faz muita diferença também. O que uma criança sabe para planejar algum futuro? Nada.

Acho que a gente tem que abraçar as oportunidades que a vida dá e saber abandonar as coisas na hora certa. Não ter que se limitar a uma carreira, a um amor no caso do amor, eu não falo em poligamia, cada um faz o que quer, mas de não ficar sofrendo eternamente por uma só pessoa que não corresponde. Pode ser uma amizade também, a um lugar.

É bom ter uma direção de vida, objetivos, mas se deixar levar por sonho de criança é coisa de filme de Adam Sandler.

Se você esta feliz fazendo licenciatura, aproveita! Não sei se você já conhece, mas tem uma metodologia de ensino chamada Waldorf que o salário do professor chega em 60k.

00f3a   No.20873

>>20872
Caramba, anã, que reflexiva! Mas não deixa de estar certa. Perdi no Adam Sandler.

Eu só acho difícil saber a hora certa de abraçar ou abandonar as oportunidades, e isso resultou em arrependimentos, mas todas temos.
Obrigada pela dica! Vou agora mesmo dar uma olhada.

59715   No.20877

File: 1717640867261.gif  ( 3.18 MB , 465x498 )   ImgOps /  Google /  Yandex

>>20865
Você é cruel…

69333   No.20912

File: 1717649614110.gif  ( 360.47 KB , 500x375 )   ImgOps /  Google /  Yandex

Nunca fiz ideia do que fazer, desde feto nunca soube responder as perguntinhas de o que você quer ser. só sei que sempre quis humanas? e hoje em dia estou em uma das engenharias, quase largando e querendo neetar hard.

00f3a   No.20913

>>20912
Engenharia parece promissor e difícil, eu tenho medo e respeito. (?)

99bb9   No.20914

>>20873
Acho que é quase impossível saber com certeza a hora certa, mas quando o instinto fala muito alto, você tem que ouvir.
Tomara que de certo! **Eu maratonei forte os filmes do reizinho
Sandler mês passado**

>>20877
Nojentinha, né?


>>20912
Esta em qual engenharia, anã? Eu faço algumas matérias em Ciências da Computação, as partes mais voltadas a projetos e acho bem de humanas essas partes.

1f3cf   No.20920

>>20867

O que lhe faz pensar que você possui incapacidade com exatas? Matemática "de verdade" tá muito mais perto de arte do que qualquer aspecto mecanicista endossado largamente pelas escolas e o sistema de ensino atual. Fazendo uma vaga alusão ao "O lamento de um matemático" do Paul Lockhart: "ensina-se matemática como se, ao se ensinar música, esquecesse completamente do instrumento e ensinasse apenas um monte de teoria musical por anos sem o aluno nunca ter a oportunidade de realmente fazer e reproduzir música.".

A matemática é antes de tudo ideias e muita criatividade. O G. H. Hardy no final da vida se lamentava muito por estar velho e não conseguir mais pensar criativamente sobre matemática igual pensava quando era mais jovem.

Você diz que tem incapacidade, mas muito dificilmente é o caso. A matemática é linda! Não desista dela (ou pelo menos, não tenha tanta antipatia).

00f3a   No.20921

>>20920
Não sei, anã… questão de falta de habilidade, mesmo. Parece que não entra na cabeça.

A área é linda e importante, mas indecifrável pra mim. Claro que, quando preciso, e se eu realmente sentar pra estudar, consigo me virar bem (foi o caso de uma prova de matemática que precisei fazer num curso, e tirei nota boa!), mas não demoro a esquecer justamente por não precisar usá-la além do básico no dia a dia.

Acho que cada um tem sua área, mas admiro e acho incrível quem consegue resolver aquelas equações gigantes.
Mas pego minhas linguagens e códigos e vou embora.

1f3cf   No.20922

>>20921

Já é excelente que você não veja a matemática com tanta aversão quanto normalmente as pessoas veem! Minha intenção com texto foi mais com o sentido de expressar que a matemática transcende muito além de ser uma simples área onde se resolve "equações gigantes" ou contas super complexas, que foi o que critiquei no texto falando sobre mecanicismo.

Veja, resumir matemática a isso seria semelhante a resumir o curso de letras a fazer redações, ou fazer exercícios de análise sintática! Matemática em sua essência consiste na definição de objetos muito basilares (noções primitivas), juntamente com proposições muito elementares (axiomas) e como podemos a partir disso derivar afirmações compostas (teoremas) em cima desse sistema de noções, axiomas e teoremas e construir diversas interligações dentro desse espaço amostral.

Ou seja, pouco a ver com fazer conta, certo? Há uma frase do Hal Abelson que gosto, no qual ele diz que os matemáticos estão intimamente interessados em construir "conhecimento declarativo". Ou seja, definir e achar relações entre objetos matemáticos. Resumindo bastante: matemáticos não estão interessados em fazer conta, e sim construir relações entre objetos matemáticos que, por acaso, podem descambar em fórmulas que talvez possam ser usadas para calcular coisas.

Muito dos resultados obtidos por matemáticos inclusive nem chegam a isso no final! Veja sobre o teorema de incompletude de Gödel ou a demonstração da infinitude dos primos como exemplos depois.

Enfim, longe de convencer você a estudar matemática ou algo sim, tive a intenção apenas de tentar fazer você ver a matemática com outros olhos. Hardy acreditava que a matemática descrevia um universo luminoso e límpido, requintado e belo na sua estrutura, algo que também acredito bastante.

00f3a   No.20924

>>20922
Ah, sim, longe de mim querer insinuar que matemática é "só" equação grande e contas complicadas. A forma apaixonada com a qual você se expressa sobre essa área demonstra que realmente há muito mais. Você é estudante de matemática, anã?

Seu textinho admirado parece algo que eu escreveria sobre Letras, que você disse bem: muito mais do que redações e análises sintáticas.

1f3cf   No.20925

>>20924

Sim! Atualmente estudo matemática. E boa sorte com o curso de letras, conheço algumas pessoas que fizeram e ainda fazem letras e parece um curso incrivelmente interessante, apesar de que o meu maior interesse em letras reside em teoria linguística pura do que as outras vertentes que o curso possui.



[Catálogo] [Voltar] [Enviar uma resposta]

Deletar Post [Arquivo] Arquivo
[ homepage ] [ b ] [ frufru / lit / an / escoria / wired ] [ mod ] [ overboard ] [ regras / faq / banlist / histórico ]