[ homepage ] [ b ] [ frufru / lit / an / escoria / wired ] [ mod ] [ overboard ] [ regras / faq / banlist / histórico ]

/escoria/ - Escória

A board pra chorar no ombro das anãs e desabafar seus problemas.
E-mail
Assunto
Comentar

Arquivo
Inserir
Opções
Senha (Para excluir arquivos.)
  • Arquivos maiores que 250x200 pixels serão redimensionados.
  • Tipo de arquivo permitido: jpg, jpeg, gif, png, webp, jfif, mp3, webm, mp4.
  • Tamanho máximo por arquivo: 7 MB com a dimensão máxima de10000 x 10000.
  • Você pode fazer upload de 3 images/arquivos por post.
  • Embed válidos são: Youtube - Vimeo - Dailymotion - Soundcloud - Vocaroo.
  • 4 usuárias nesse tópico.

NÃO respondam aos homens. Revisem a Regra 1.

Veja o catálogo antes de fazer um tópico.

Por favor, leiam as regras! Atualização: 21/04/22

  [Catálogo]   [Voltar]   [Arquivo]   [Destaque]

File: 1673793949563.jpeg  ( 23.89 KB , 196x187 )   ImgOps /  Google /  Yandex

58f57   No.2849

>>2845
Acho que o pior momento foi quando começamos a morar juntos. Uma semana depois dele se mudar pra minha casa, ele começou a me ignorar. Na época jogávamos call of duty mobile e sempre que perdia uma partida ele me culpava, e então era pelo menos 2 dias sem falar comigo. Depois de alguns meses ele começou a cheirar pó e usar pílula de cogumelo. Aí então, o que eu já pensava que estava ruim, se tornou um inferno: começou os surtos psicoticos. Ele ficou obcecado na ex dele, dizia que depois de ser traído por ela, ele decidiu entrar em um estado de coma e conectar a consciência dele em um vídeo game, acho que o fudido pensava que era o kirito do SAO. Pra ele, eu tinha sido criada dentro dessa realidade virtual para ser igual a ex dele, foram longos meses assim. Eu tentava convencer que ele estava errado, na época eu não tinha apoio familiar nem amigos próximos para contar o que estava acontecendo e terminar aquele namoro. Até que ele finalmente foi atrás dela, escondido, óbvio. E então terminamos quando eu descobri.
Um mês depois ele começou a acampar na frente de casa, passava o dia inteiro me chamando no portão, chorando e dizia que estava arrependido. Foi a primeira traição dele que eu perdoei. Já no final do nosso relacionamento, qualquer mínima discussão resultava em agressão. Se tornou insustentável, eu sai de casa, ele pegou os cachorros e foi pra casa da mãe dele. Daí comecei a morar sozinha.

4c2da   No.2852

>se envolveu com literal maluco, Zé droguinha
>fica surpresa que deu merda no final

Porra, me ajuda aí! Não é possível l!

2839a   No.2854

>>2852
Em minha defesa, a gente namorou um ano antes de ir morar junto e o anão não tinha demonstrado ser um completo sequela. Acho que por não morar mais com os pais ele começou a ter mais liberdade para usar drogas. No começo fiquei triste, depois continuei o namoro por pura dependência emocional. Mas tá tudo bem, anã, me libertei disso.

ab15b   No.2858

Eu não aguentaria nem um dia em uma situação dessas.

Sendo a batata humana que era, papai do céu me poupou desses loucos e logo de primeira colocou uma pessoa decente no meu caminho.

Se entrasse em uma relação maluca dessas, eu perderia as esperanças de vez.



[Catálogo] [Voltar] [Enviar uma resposta]

Deletar Post [Arquivo] Arquivo
[ homepage ] [ b ] [ frufru / lit / an / escoria / wired ] [ mod ] [ overboard ] [ regras / faq / banlist / histórico ]