[ homepage ] [ b ] [ frufru / lit / an / escoria / wired ] [ mod ] [ overboard ] [ regras / faq / banlist / histórico ]

/escoria/ - Escória

A board pra chorar no ombro das anãs e desabafar seus problemas.
E-mail
Assunto
Comentar
Arquivo
Inserir
Opções
Senha (Para excluir arquivos.)
  • Arquivos maiores que 250x200 pixels serão redimensionados.
  • Tipo de arquivo permitido: jpg, jpeg, gif, png, webp, jfif, mp3, webm, mp4.
  • Tamanho máximo por arquivo: 7 MB com a dimensão máxima de10000 x 10000.
  • Você pode fazer upload de 3 images/arquivos por post.
  • Embed válidos são: Youtube - Vimeo - Dailymotion - Soundcloud - Vocaroo.
  • 7 usuárias nesse tópico.

NÃO respondam aos homens. Revisem a Regra 1.

Veja o catálogo antes de fazer um tópico.

Por favor, leiam as regras! Atualização: 21/04/22

  [Catálogo]   [Voltar]   [Arquivo]   [Destaque]

File: 1674368183632.gif  ( 5.37 MB , 498x498 )   ImgOps /  Google /  Yandex

53f52   No.2885

_Desabafo_

Após lurkar em chans e espaços predominantemente masculinos no geral antigamente, eu comecei a larpar como homem muitas vezes só pra não ser atacada por simplesmente gostar de algo e querer me expressar nesses espaços, antes de conhecer a magalichan. É cansativo, e isso distorceu minha mente. Eu venho aqui as vezes e isso me ajuda bastante a lembrar que não sou "masculina" só por ter alguns gostos típicos de suínos.
Fui diagnosticada com autismo em 2020, e, mesmo tendo feito vários exames, muitas pessoas ainda me invalidaram pelo simples fato de eu ser mulher. Minha psicóloga, na época, insistia que era só "ansiedade de adolescente", sendo que ser autista e não receber tratamento literalmente destrói sua vida social. Isso machuca. Por que eu tenho que dar satisfação de tudo? Por que eu sou tratada diferente por causa do meu sexo? Por que sair e me divertir tem que ser sempre uma experiência traumática por ter que lidar com as chances de ser estuprada? Por que parece que tudo que eu faço é em vão? Por que eu nunca posso demonstrar fragilidade por um momento sem ser chamada de burra e fútil? (como no esteriótipo "loira burra")
Sempre que uma mulher comenta sobre gostar de, por exemplo, rock, a interação é a mesma a seguir:
>Eu também curto Slipknot! :)
<Ok, então me diz o nome de todos os álbuns pra provar que é fã, muié poser, lol.
Porra, se um suíno diz que curte algo, beleza, todos acreditam que ele é um fã e não poser. Aí se uma de nós ousa dizer ser fã de algo… BOOM! POSER ALERT! Ah, vá se fuder.
Enfim… Anãs, vocês também se sentem assim? E se sim, como fazem pra não se abalar com as merdas que suínos falam? Tô triste, com raiva e cansada de tudo isso, eu só queria poder compartilhar meus gostos com alguém sem ser chamada de poser a cada cinco segundos. Se eu mosto minha inteligência (eu entendo bastante sobre vocal synth como Vocaloid e Utau), me ignoram; Aí se eu tento ser vaidosa me chamam de puta.
Aahahahahaha estou ficando maluquinha, biruta, lelé da cuca.

e76ac   No.2888

Qual sua idade, anã?

309ce   No.2889

>>2885
Leia a regra 3, deste recinto, anãzinha.
Você claramente é uma criança ainda. Esse negocio de poser é coisa de adolescente do tipo mais irritante.

60788   No.2891

Algo me diz que sua vida melhoraria bastante se você parar de buscar tanta validação dos outros, ainda que indiretamente.

Quanto a questão de ser mulher, tem um problema aqui que é: muitos homens, principalmente anões, não tem muito contato com mulher, ou apenas o tem em situações muito específicas. Nesse caso, fica fácil criar estereótipos e imputá-lo nos outros. Outro problema é o ambiente. É claro que se você é a única mulher em um ambiente majoritariamente masculino, isso vai chamar atenção, e essa atenção pode incomodar outras pessoas, que vão tentar de tudo para provar que você seu objetivo mesmo era a atenção.

Dito isso, muito do que você falou me parece o que sua psicóloga disse mesmo: ansiedade de underage. Tem muito homem com as mesmas inseguranças que você e acham que o problema não existe para as mulheres, descolados, etc. Talvez o problema seja menos você se expor como mulher, mas ter mais segurança em si mesma e sobre seus gostos. Se vai ter babaca te achando "poser", sinceramente, e daí?

Já tive essa mesma ansiedade coisa na adolescência, e deixei de fazer muita coisa por conta de como os outros vão reagir. Aliás, já deixei de fazer coisas por medo até mesmo de reações positivas. Hoje, vejo o quanto perdi com essa atitude.

ec246   No.2892

File: 1674423501770.jpg  ( 158.81 KB , 1200x1200 )   ImgOps /  Google /  Yandex

Anã, quanto mais cedo você perceber que a mulher nunca foi, nem nunca será, vista enquanto sujeito na nossa sociedade, mais você se poupará de sofrer inutilmente por conta do que os outros assumindo que você se refira principalmente a homens irão pensar. Te aconselho ler teoria feminista radical, autoras como Silvia Federici, Bell Hooks, Simone de Beauvoir. Also, tente canalizar essa angústia e raiva de suínos em coisas que te façam bem, seja expressões artísticas, trabalho, esportes…

19bca   No.2893

>>2891
É, você está certa. Talvez eu realmente esteja pensando demais e sendo paranóica com coisas bobas… Obrigada, você claramente é mais sábia e sabe do que está falando, eu deveria amadurecer mais ao invés de focar tanto em coisas de adolescente irritante.
ps: muito obrigada, anã <3

19bca   No.2894

>>2892
Obrigada pelas recomendações!
>quanto mais cedo você perceber que a mulher nunca foi, nem nunca será, vista enquanto sujeito na nossa sociedade, mais você se poupará de sofrer inutilmente por conta do que os outros assumindo que você se refira principalmente a homens irão pensar.
Eu tento, inclusive foco em aprimorar minha arte. O problema é: ninguém nunca me leva a sério incluindo, é claro: homens, e, pra ganhar algo com arte, você necessita de aprovação. Eu queria que me levassem a sério, assim como levam qualquer artista homem a sério. Sinceramente… Eu desisto de tentar ganhar algo pintando e desenhando; não vale a pena. Vou focar mais no meu próximo interesse que é mais focado em medicina, algo que normalmente respeitam bem mais.
Mas no geral, adorei as ideias, anã :) é sempre bom ler sobre radfem, considerando que é nossa história, e muitas das teorias funcionam no mundo atual.

920c5   No.2970

>>2894
Para sua arte ser aprimorada e ficar muito boa, você só precisa que uma pessoa leve a sério: você. Se dedicar tempo e esforço a isso, sua arte ficará boa e os outros serão obrigados a reconhecer. Só que isso demora e é difícil se manter nesse tempo, então pode ser que sua arte tenha que virar apenas um hobby, ou o seu plano B. O que sei é que tem muita gente que tem um emprego "normal" e pratica alguma arte ou esporte no tempo livre, o trabalho "normal" só para ganhar dinheiro enquanto a arte é o que dá satisfação, prazer, orgulho e ajuda a fazer a vida valer a pena. Apenas não desista totalmente do que você gosta, é o que dará suporte nos tempos difíceis.



[Catálogo] [Voltar] [Enviar uma resposta]

Deletar Post [Arquivo] Arquivo
[ homepage ] [ b ] [ frufru / lit / an / escoria / wired ] [ mod ] [ overboard ] [ regras / faq / banlist / histórico ]