[ homepage ] [ b ] [ frufru / lit / an / escoria / wired ] [ mod ] [ overboard ] [ regras / faq / banlist / histórico ]

/escoria/ - Escória

A board pra chorar no ombro das anãs e desabafar seus problemas.
E-mail
Assunto
Comentar
Arquivo
Inserir
Opções
Senha(Para excluir arquivos.)
  • Arquivos maiores que 250x200 pixels serão redimensionados.
  • Tipo de arquivo permitido: jpg, jpeg, gif, png, webp, jfif, mp3, webm, mp4.
  • Tamanho máximo por arquivo: 7 MB with maximum dimension of 10000 x 10000.
  • Você pode fazer upload de 3 images/arquivos por post.
  • Valid embeds are: Youtube - Vimeo - Dailymotion - Soundcloud - Vocaroo - Bitchute.
  • There are 2 posters in this thread.

NÃO respondam aos homens. Revisem a Regra 1

  [Catálogo]   [Voltar]   [Arquivo]   [Destaque]

File: 1687047753072.jpg (303.34 KB, 1280x952) ImgOps / Google / Yandex

ceffe No.4130

Gostaria de agradecer as anãs.
Sou a anã problemática que estava me iludindo com macho comprometido, e que vivia de Cope (que raiva de mim mesma, puta merda).
Graças ao fio que abri aqui, e algumas anãs que jogaram verdades na minha cara, vi o quão a situação era ridícula e mudei todo aquele sentimento de amor/paixão por vergonha e ódio (eu realmente peguei abuso da cara do rapaz, hoje considero-o uma pessoa repulsiva por diversas questões que percebi graças as anãs).
Não vou entrar em muitos detalhes aqui, pois não quero falar dele. Mas quero falar de como parei de conversar com ele (sem precisar dar uma de desesperada o bloqueando de tudo, apenas o tratando com irrelevância) e peguei esse ranço.
>Após pedir para trancar o outro fio, fui ler todas as conversas.
O intuito era ver se eu estava delirando (se era tudo coisa da minha cabeça), percebi que até certo ponto ele construiu tudo, me deixando à vontade, compartilhando detalhe por detalhe da sua vida, sendo extremamente carinhoso e gentil (até apelidinhos fofos ele usava). Mas após alguns meses ele começou a ficar frio, mas sempre voltava (imagino que seja período de brigas com a namorada).
Ótimo, estava dando a minha preciosa atenção, logo eu, uma moça cheia de hobbies, que se mata de trabalhar e estuda… Estava gastando meu precioso tempo pra ficar na geladeira de um rapaz comprometido… Feio MUITO FEIO da minha parte.
<Peguei raiva de mim e decidi que não iria passar por isso, por ninguém… Nem ferrando.
>As vezes sentia falta de conversar com ele
Tanta coisa pra fazer, e eu ainda tinha essas recaídas. Colocava um vídeo ou música e ia fazer algo da casa ou do trabalho, logo logo terminava, me sentia satisfeita com os meus feitos e ficava cansada demais para conversar com alguém, ainda mais uma pessoa que eu estava decidida a me afastar.
<Comecei a sentir um "troço ruim" toda vez que me dava uma mínima vontade de falar com ele, após esses dias e mesmo sem fazer nada, não ia falar com ele.
Lembrando que o deixei desbloqueado, apenas não dava atenção ou falava com ele.
Cont.

ceffe No.4131

>Parei de stalkear.
Óbvio isso, mas me ajudou muito. As vezes ficava olhando as fotos que ele me enviava e ficava alimentando um amor inexistente e totalmente idealizado. Parar de stalkear e ficar vendo fotinhas, me fez esquecer bastante do rosto dele… Esse negócio tem somente uma semana ou duas, mostrando que desapeguei muito rápido.
>Parei de enxergar uma pessoa maravilhosa em uma pessoa rasa e normal como todo mundo.
Ninguém é grande coisa, eu não sou grande coisa e nem ele é grande coisa. Se quiser ver um homem maravilhoso, procuro em livros e filmes (onde de fato existem). Na realidade, ele consegue ser pior, pois ele vive como um npc, o qual quer agradar a todos (elogiando sempre, quieto em conflitos, exibicionismo da perfeição de vida na internet… Até nas roupas, até nas roupas, ele quer passar uma imagem de pessoa "perfeita").
>Sororidade e empatia
Seria terrível se o homem o qual estivesse comprometida, em qualquer desentendimento ou briguinha, fosse atrás de uma aleatória a qual nem conheço para desabafar… Ainda mais ele tendo tantos amigos homens os quais estariam ali para ouvi-lo.
Ela confia nele, ela vê diversas declarações de amor, ela está feliz… Enquanto ele conversa com uma menina que claramente gosta dele e ele sabe… E continua alimentando… (Sempre que eu me afastava, ou que algo esfriava, ele voltava com apelidinhos, carinhos e migalhas de atenção… Mas claro, nunca deixava nada nítido para não se ferrar depois - a não ser quando era em vídeo chamada).
<Se ele não tem vergonha na cara, eu tenho que ter e me por no lugar dela. Essa situação é horrorosa, e se eu tivesse continuado, seria uma piranha mal caráter do caralho.
Enfim… É isso.
>Finalmente entro na rede social, e não sinto a mínima vontade de falar com ele… Nenhuma curiosidade.
Não bloqueei pois não queria alimentar ego de narcisista… Ele sabe que eu gostava dele e não sentiria um pingo de saudades caso eu sumisse, o maior castigo para um narcisista é a indiferença.
Desculpa o livro, mas precisava agradecer as anãs e mostrar para as anãs que passam ou passaram por uma situação parecida que tem como sair dessa…

>Anã é irmã

Vocês abriram meus olhos e graças a vocês não continuei sendo uma pessoa ruim e sai das garras de um lixinho.

fa1f9 No.4154

Boa, anã!



[Catálogo] [Voltar][Enviar uma resposta]

Deletar Post [ ]
[ homepage ] [ b ] [ frufru / lit / an / escoria / wired ] [ mod ] [ overboard ] [ regras / faq / banlist / histórico ]