[ homepage ] [ b ] [ frufru / lit / an / escoria / wired ] [ mod ] [ overboard ] [ regras / faq / banlist / histórico ]

/frufru/ - Beleza e estética

O salão de beleza e fofocas das anãs.
E-mail
Assunto
Comentar
Arquivo
Inserir
Options
Senha(Para excluir arquivos)
  • Allowed file types:jpg, jpeg, gif, png, webp, jfif, mp3, webm, mp4
  • Max filesize is 7 MB.
  • Max image dimensions are 10000 x 10000.
  • You may upload 3 per post.

NÃO respondam aos homens. Revisem a Regra 1

  [Catálogo]   [Voltar]   [Arquivo]   [Featured]

File: 1631564915144-0.jpg (33,88 KB, 640x480) ImgOps / Google / Yandex

File: 1631564915144-1.jpg (31,48 KB, 640x480) ImgOps / Google / Yandex

File: 1631564915144-2.jpg (44,49 KB, 550x550) ImgOps / Google / Yandex

d0e4b No.67

Qual modinha estética vocês mais gostam e desgostam?

ff0d1 No.68

File: 1631566443308.jpg (237 KB, 2896x2896) ImgOps / Google / Yandex

Fairycore, kidcore, y2k e cottagecore são as modinhas mais "recentes" que gosto.
Mas coisas "mais passadas", curto fairy kei, lolita num geral, gyaru, cult kei, e yamikawaii.

40996 No.69

>>68
Que específico, anã. Não sei o que é nada disso.
Se interessa em moda por hobby?

19b42 No.70

File: 1631568645471-0.png (188,64 KB, 240x320) ImgOps / Google / Yandex

File: 1631568645471-1.png (256,2 KB, 273x400) ImgOps / Google / Yandex

File: 1631568645471-2.png (735,93 KB, 540x720) ImgOps / Google / Yandex

O emo foi a melhor tribo urbana que já existiu. Não só a estética era incrível, como também as músicas, a filosofia sentimentalista e a própria época em que estava em alta, nos primórdios da internet, onde todos eram mais espontâneos e autênticos. Daria tudo para esses tempos voltarem.

ff0d1 No.71

>>69
Eu não me interesso muito, só sei de uma coisa ou outra porque vou pesquisando mais sobre os meus gostos

18b22 No.72

>essa terceira pica
Eu ia dizer que não aguento mais ver homem com isso, mas nem é feio. Só que todo mundo usa.

e85dc No.81

Eu sou apaixonada por morute, royalcore, lolita (prefiro lolita rococó), dollcore, gyaru/gal/kogal, mermaidcore, pirate, reefwave e nautical!!!

15ef3 No.85

Acho indie estilo foda.

104e5 No.105

>>72
O cara que usa esse corte vira num NPC.

e273d No.110

File: 1632582971609-0.jpg (19,66 KB, 300x400) ImgOps / Google / Yandex

File: 1632582971609-1.jpg (44,39 KB, 350x298) ImgOps / Google / Yandex

File: 1632582971609-2.jpg (63,99 KB, 400x300) ImgOps / Google / Yandex

>>70
Essas das fotos não são emos, são scene kids (como na primeira pica do meu post), que eram frequentemente confundidos com emos porque deram o azar de ter virado moda numa época que todo o mundo que tinha um estilo um pouquinho alternativo era chamado de emo, independente se você usasse roupas super coloridas ou pretas. A estética emo era muito feia e sem noção, uma mistura de listras com xadrez, cinto de rebite xadrez colorido, slip-on ou tênis all star com cadarços coloridos, pulseiras e colares de bolinhas com sim cor não, a maquiagem consistia praticamente de ficar circulando o olho com lápis de olho, a maioria insistia em usar franjas que não eram cortes para seus tipos de cabelos e precisavam fazer muita chapinha na crina para ficar visível, as meninas ainda enfeitavam com lacinho de pet shop, era um visual muito bagunçado, raramente tinha algum emo com bom gosto estético para fazer essas combinações ficarem razoavelmente bonitas. Apesar de não ficar muito para trás, scene kids eram uma espécie de emos mais ajeitados, havia pessoas que conseguiam montar alguns visuais bonitos nesse estilo mas também não era o caso da maioria. Also, quando surgiu a moda do restart e cine já não tinham a ver com emo, quase ninguém mais era emo nessa época.

e273d No.111

File: 1632585088797-0.jpg (114,33 KB, 500x749) ImgOps / Google / Yandex

File: 1632585088797-1.jpg (105,29 KB, 690x1034) ImgOps / Google / Yandex

File: 1632585088797-2.jpg (179 KB, 702x1005) ImgOps / Google / Yandex

Gosto bastante da moda gótica e lolita, porque são delicadas e femininas. Já passei da idade de gostar de moda alternativa, mas acho legal esse reboot dos anos 90s que tem aparecido ultimamente.

d3786 No.112

File: 1632588049029.png (881,43 KB, 1200x630) ImgOps / Google / Yandex

>>110
É difícil separar quando eles praticamente se tornaram um só, pois dividiam elementos do mesmo estilo, da mesma filosofia e tinham o mesmo gosto musical, que consistia em bandas como Paramore, Panic at the Disco, My Chemical Romance, All Time Low, Fall Out Boy, Black Veil Brides etc. Um só era um pouco mais exagerado e colorido que o outro, mas e essência era a mesma. Also, era essa "falta de noção" que deixava o estilo tão legal, porque mostrava justamente a espontaneidade da época, a vontade de se expressar dos jovens e como eles faziam questão de transpassar aquilo que sentiam e pensavam para o estilo, a confusão, a vontade de ser diferente, elementos das bandas que gostavam, entre outros. Era mais sobre se expressar do que ser ajeitadinho e ficar combinando elementos.

e273d No.114

>>112
Que filosofia, anã? Já viu um filósofo emo por aí? Sobre o gosto musical serem parecidos, discordo totalmente também, scene kids era somente estética, não era relacionado a nenhum gênero musical, ao contrário dos emos que eram para ser fãs de hardcore e emocore, mas acabavam na maioria das vezes, como sabemos, sendo fãs de pop punk.

>Era mais sobre se expressar do que ser ajeitadinho e ficar combinando elementos.

As únicas coisas que eles expressavam eram a cafonice e falta de bom gosto. Pare de romantizar o ridículo.

104e5 No.119

>>110
A moda emo/scene ficou tão datada que literalmente nenhuma banda usa mais esse visual.

43fa4 No.120

File: 1632763790975.png (145,6 KB, 300x469) ImgOps / Google / Yandex

>>114
>Que filosofia, anã? Já viu um filósofo emo por aí?
Nunca ouviu falar do termo "filosofia de vida" sem estar fazendo alusão literal à filosofia de um teórico? Burrinha. Com isso, eu apenas quis me referir ao romantismo que carregavam, a aceitação dos sentimentos, da tristeza, do mórbido, da paixão, aquilo pelo qual os emos foram cunhados de chorões que cortam os pulsos, mas era só uma preferência pelo lado sentimental mesmo.

>Sobre o gosto musical serem parecidos, discordo totalmente também

O que os scene kids ouviam então? Porque sempre vi dividirem o mesmo gosto musical, que era o considerado emo na época, e nem estou entrando na discussão do "real emo", isso é outra bobagem.

>As únicas coisas que eles expressavam eram a cafonice e falta de bom gosto. Pare de romantizar o ridículo.

Ridículo por que? Por não fazerem questão de combinar coisinhas que você acha que têm que combinar? Moda é só sobre combinar coisas então? Você é a ditadora do bom gosto? Ok, Olavo Bilac da moda.

e273d No.121

>>120
>Nunca ouviu falar do termo "filosofia de vida" sem estar fazendo alusão literal à filosofia de um teórico? Burrinha. Com isso, eu apenas quis me referir ao romantismo que carregavam, a aceitação dos sentimentos, da tristeza, do mórbido, da paixão, aquilo pelo qual os emos foram cunhados de chorões que cortam os pulsos, mas era só uma preferência pelo lado sentimental mesmo.
Adoro esse seu tipo de pedantismo cômico, o pedante que sente necessidade de humilhar sem motivos, xinga para aliviar essa vontade e em seguida dar um argumento totalmente errado. Nunca existiu um "estilo de vida emo", isso que você descreveu é um comportamento social da tribo urbana, mas não uma maneira filosófica de enxergar a vida. Also, filosofia é apenas teoria, tem a parte prática dela, o filosofar, mas não vou descorrer sobre o tema, inclui diversos métodos e não é simplesmente "pensar" como muita gente acredita que seja.

>O que os scene kids ouviam então? Porque sempre vi dividirem o mesmo gosto musical, que era o considerado emo na época, e nem estou entrando na discussão do "real emo", isso é outra bobagem.

Os scenes não era um uma tribo urbana, era apenas moda estética, assim como as e-girls/e-boys são hoje. Cada um escutava o que queria, geralmente gêneros musiciais que estavam na moda mo momento.

>Ridículo por que? Por não fazerem questão de combinar coisinhas que você acha que têm que combinar? Moda é só sobre combinar coisas então? Você é a ditadora do bom gosto? Ok, Olavo Bilac da moda.

Tudo o que é desarmônico é feio, o belo é harmônico. Faça um teste, mostre um desfile da Versace dos anos 90s e veja o que as pessoas falam sobre os vestidos, em seguida, mostre as suas eMuXaS favoritas para estas mesmas pessoas e vejam o que elas vão te responder. Beleza não é um ponto de vista e subjetivo, minha jovem. Imagino que para alguém odiar o belo e abraçar o grotesco como você faz, não deva ter outra explicação além de uma auto-estima muito baixa. Está tudo bem pra você quando se olha no espelho?

e273d No.122

>>121
>nunca existiu filosofia de vida emo

4dd89 No.123

>>110
Meu deus, olha a socabilidade destas fuçascaras, dá para por em notação científica e fazer gráfico em escala logarítimica, que dor no braço de tanto afundar estes narizes.

54d9e No.127

File: 1632936407194-0.png (1,2 MB, 640x820) ImgOps / Google / Yandex

File: 1632936407194-1.jpg (963,27 KB, 1280x1605) ImgOps / Google / Yandex

File: 1632936407194-2.png (168,06 KB, 248x320) ImgOps / Google / Yandex

>>121
Você é muito desonesta, kek. Não fui pedante em momento nenhum, apenas retribui sua ironia sobre filosofia ser apenas teórica, enquanto você ainda continua nessa de ignorar a linguagem figurativa e agir como se estivéssemos debatendo filosofia pura, o que não tem nada a ver com o que eu quis dizer. O comportamento social da tribo urbana foi o que justamente descrevi como filosofia de vida, uma forma não literal de dizer que seguiam mais ou menos os mesmos princípios e se identificavam com o sentimentalismo.

>Adoro esse seu tipo de pedantismo cômico

>filosofia é apenas teoria, tem a parte prática dela, o filosofar, mas não vou descorrer sobre o tema, inclui diversos métodos e não é simplesmente "pensar" como muita gente acredita que seja.
Realmente, a presunçosa sou eu.

>Os scenes não era um uma tribo urbana, era apenas moda estética, assim como as e-girls/e-boys são hoje. Cada um escutava o que queria, geralmente gêneros musiciais que estavam na moda mo momento.

Uma moda estética inspirada no emo, que não deixa de estar presente na tribo urbana, é mais como uma variação, mas não se afasta daquilo que os inspirou. Não acho que sejam como as e-girls e e-boys, pois estes são bem mais abrangentes e realmente de tipos distintos, mas não imagino um scene ouvindo sertanejo, funk ou outro tipo de música que fuja desse estilo, é sempre algo do meio hardcore, screamo, "eletrônica emo", e músicas mais alternativas.

>o pedante que sente necessidade de humilhar sem motivos, xinga para aliviar essa vontade

>Imagino que para alguém odiar o belo e abraçar o grotesco como você faz, não deva ter outra explicação além de uma auto-estima muito baixa. Está tudo bem pra você quando se olha no espelho?
Errr…

Bem, há beleza na desarmonia também, muitas pessoas com traços "exóticos" são consideradas bonitas precisamente por serem diferentes e fora daquele padrão perfeitinho, que por muitas vezes pode parecer até mesmo sem graça. O mesmo na arte, pinceladas caóticas e desconformes são belas e expressam sentimentos por meio disso. Na moda não seria o contrário, há diferentes tipos de manifestação estéticas, algumas que procuram combinar peças, e outras que procuram exatamente essa quebra, até para fugir daquilo que se torna comum, por isso também são considerados alternativas. Entretanto, não estou negando a existência do feio, concordo que muito do belo seja objetivo, mas o belo não é apenas o que é harmônico, disso eu discordo veemente, pois encontra-se beleza e principalmente expressão na assimetria, diferença, contraposição, etc.

41f59 No.136

File: 1633086638804.jpg (121,3 KB, 600x451) ImgOps / Google / Yandex

>>110
Finalmente gente entendida do assunto.

98217 No.145

>>127
>Você é muito desonesta
Estou vendo, a senhorita filosofia emo que é bem honesta, né?!

>O comportamento social da tribo urbana foi o que justamente descrevi como filosofia de vida,

Nunca existiu uma filosofia de vida emo, a tribo emo não era igual os hippies ou punks em seus primórdios para ser um estilo de vida, era só estética e música. Caso tenha existido um estilo de vida emo, desreva-o.

>Bem, há beleza na desarmonia também

Claro, do mesmo jeito que existe nutrientes em merda.

>muitas pessoas com traços "exóticos" são consideradas bonitas precisamente por serem diferentes

Depois a desonesta sou eu, uma pessoa com traços "exóticos" não significa que seja desarmônica ou assimétrica, ainda assim a beleza que ela possuí seguem essas regras, a atriz Anne Hathaway é considerada uma mulher de beleza exótica e não há desarmonia ou muita assimetria em seu rosto, você dizer que pessoas de traços exóticos são assim porque são "desarmônicas" é o mesmo que querer compará-la ao Quasímodo, apenas incomum. Somente na cabeça da grande filósofa Emúxula (2006 a.C) essas coisas são sinônimas. Pelo o jeito, seu gosto estético está bem alinhado ao seu caráter.

e10e9 No.147

>>145
Nossa anã, deve ser muito legal ser sua amiga.

Deixa a outra gostar de emo em paz, ela tem pontos razoáveis que você desvalidou só porque quer estar "certa".



[Catálogo] [Voltar][Post a Reply]

Deletar Mensagem [ ]
[ homepage ] [ b ] [ frufru / lit / an / escoria / wired ] [ mod ] [ overboard ] [ regras / faq / banlist / histórico ]