[ homepage ][ b ][ frufru / lit / an / escoria / wired ][ mod ][ overboard ][ regras / faq / banlist / histórico ]

/b/ - Random

[]
E-mail
Assunto
Comentar
Verificação
Arquivo
Inserir
Opções
Senha (Para excluir arquivos.)
  • Arquivos maiores que 250x250 pixels serão redimensionados.
  • Tipo de arquivo permitido: jpg, jpeg, gif, png, webp, jfif, mp3, webm, mp4.
  • Tamanho máximo por arquivo: 7 MB com a dimensão máxima de10000 x 10000.
  • Você pode fazer upload de 3 images/arquivos por post.
  • Embed válidos são: Youtube - Vimeo - Dailymotion - Soundcloud - Vocaroo.

Ordenar por: Tamanho da imagem: [Recarregar]   [Arquivo]   [Destaque]
R: 4 / I: 0 / P: 1

Vocês já foram em festas sozinhas? Eu não tenho amigas e vai ter uma festa de rock na minha cidade, eu já fui uma vez com meu ex e sei que é uma festa vazia (só tem 15 pessoas entre velhos, motoqueiros e esquisitos). Estou cogitando ir sozinha, mas só consigo pensar que vou chegar la, ficar 5 minutos, me arrepender e ir embora.
R: 8 / I: 1 / P: 1

Boa noite, anoas. Apreciem a música que achei hoje. na verdade já conhecia a versão original.
R: 19 / I: 4 / P: 1

Sobre a Lolly Vômito

Gostaria de opiniões sinceras sobre a Lolly Vômito com certeza ela faz parte da bolha de algumas anãs, eu a acompanhei mais ou menos em 2019-2020 onde os vídeos estavam mais concisos e não eram mais apenas uma regurgitação de traumas; Sempre a percebi como "coitada! ela é rica e não sabe o que fazer" um pouco de inveja talvez mas enfim a acompanhei como quem acompanha uma amiga até com uma certa simpatia, e afinal quem não teve uma fase meio escrota assim como ela teve no início da infame "carreira" dela.
R: 39 / I: 9 / P: 1

Você acordou no mês de fevereiro em 2012, voltou a ser uma criança/adolescente, o que fariam a partir de agora?
>Tens o poder de mudar o seu futuro.
R: 5 / I: 0 / P: 1

O conto de aia está cada vez mais próximo
R: 46 / I: 12 / P: 1

O PADRE ESTÁ NA CIDADE!

CONFESSIONÁRIO ESTÁ ABERTO
FAÇAM SUAS CONFISSÕES SEM MEDO DE SEREM JULGADAS E SEM JULGAR NINGUÉM, OH, FILHAS DE DEUS!
R: 8 / I: 1 / P: 1

Vocês já tiveram fake?

Fakes interpretativos, pra ser mais exata.

Não peguei a época do Orkut, mas tive muita conta fake de anime e k-idol durante a adolescência. Muitas das minhas escolhas erradas saíram de lá.
R: 1 / I: 1 / P: 1

:p

Oi
R: 41 / I: 4 / P: 1

Anãs, me ajudem a encontrar uma música...

Vocês são minha última esperança, porque eu já fiz tudo o que podia pra achar.

Vou detalhar ao máximo: o clipe se passa num cenário desértico, o cabelo da cantora transita entre preto e loiro, ela tem olhos azuis e toca meio que um mini violino colorido. Tem um cara com ela no clipe só pra preencher a cota de par romântico.

O idioma cantado é russo, aparentemente, mas não tenho certeza. Sei que não está em letras comuns e sim em ideogramas estranhos.
Se vocês não conseguirem achar, teriam algum app pra indicar? Um que ache só de você cantar a melodia.

Sério, eu tenho a música na cabeça, mas não há um mísero trecho em inglês pra facilitar minha procura. Eu ouvia quando era novinha, estava no notebook do meu pai, mas nem ele se lembra.

Serei eternamente grata à anã que encontrar, mas tô meio sem esperança.
R: 21 / I: 4 / P: 2

Anãs, vocês sabem de outros chans femininos? O Magali anda meio parado
R: 8 / I: 4 / P: 2

NT: CONTEÚDOS PRODUZIDOS POR MULHERES
Concentrem nesse fio filmes, séries, livros, podcasts, etc que foram feitos por mulheres.
R: 106 / I: 38 / P: 2

FIO DE Q&A.

Com o intuito de desafogar o /b/ dos fios de perguntas (exemplos: >>17319>>18227>>18418), usem este metafio como forma de contenção.

As demais threads do tipo passarão a ser deletadas.

Perguntas serão aceitas no /mod/.
R: 14 / I: 6 / P: 2

Você se tornou o que queria ser quando crescesse?

Profissionalmente falando, é claro.

Eu jurava que seria cirurgiã (descobri uma fobia de sangue anos depois), mas hoje sou estudante de licenciatura. Serei professora! Não é tão glamoroso quando um médico da vida, mas eu vou formar algum e uns trombadinhas pelo caminho.
R: 41 / I: 11 / P: 2

MÃE FODENDO FIO DO ÓDIO

>tarefa doméstica que mais odeia
>estilo musical mais nojento
>artista detestável
>filme mais chato
>um lugar
>uma comida
>estação do ano
>data comemorativa mais sem graça

<lavar louça

<forró
<ivete sangalo
<EEAAO
<rio de nojeira
<kimchi
<verão
<páscoa
R: 5 / I: 0 / P: 2

Olá, anãs!
Tem planos alimentares para junho? Planejo fazer dieta líquida!
R: 7 / I: 4 / P: 2

álbuns de música :O

Me mostrem álbuns que vocês estão escutando no momento, eu começo!!!

Esse daqui é só uma coletânea de músicas bônus de outros álbuns de compilação e de singles, mas tem muita coisa boa!!
R: 5 / I: 0 / P: 2

ciclo infinito
R: 1 / I: 0 / P: 2

Outlander fio
R: 16 / I: 8 / P: 2

Tenho vontade de me matar quando me atraio por isso.
R: 2 / I: 1 / P: 3

É muito talento para um homem só.
R: 11 / I: 2 / P: 3

Videoclipes!

Me mostrem alguns videoclipes legais! De preferência gótico, metalcore ou grunge, mas ouço de tudo. Gosto desse aqui.
R: 3 / I: 0 / P: 3

Fio das anãs professoras

Anãs formandas/formadas em licenciatura, sou nova por aqui e gostaria de perguntar por qual motivo escolheram essa área e como lidam com a frustração em relação ao ensino no país? Vocês acham que há esperança e que é possível, como professora, fazer algum tipo de diferença nessa defasagem?

Estou em meu primeiro semestre de Letras, ensinar e aprender sempre foram minhas zonas de interesse profissional e recreativo. No geral, estou adorando esse contato mais profundo com a docência e a linguística, mas muitas pessoas próximas a mim soltam comentários desanimadores sobre como é impossível salvar a educação brasileira, sobre toda criança ser indisciplinada ou impossível de se lidar hoje em dia; nem preciso citar os múltiplos diálogos sobre como ser professor é deprimente e que não há futuro e nem salário para mim aqui.


No geral, tento não levar esses comentários para o coração, já que sempre tive consciência das dificuldades da profissão e estou disposta a enfrentá-las, ainda mais por eu adorar crianças e querer mais que tudo proteger todas elas desse mundo cruel. Mas será que é muito ingênuo da minha parte ter fé de que um problema com tantas facetas (infraestrutura materiais de aula ruins e escassos, má formação e administração de professores, baixa qualidade no ensino, salário terrível, pouca presença dos familiares e responsáveis na educação no lar, etc.) pode um dia melhorar, mesmo que minimamente?
R: 2 / I: 0 / P: 3

Cadê o fio daquela anã que falava não querer ser escrava de trabalho só pra ganhar bem e preferia ganhar menos em troca de ter dignidade de vida? Apagou?
R: 2 / I: 0 / P: 3

Comecei a assistir a Hora da Estrela por curiosidade, volto aqui depois pra comentar o que achei do filme.
R: 1 / I: 0 / P: 3

Sabe, estou com mais de 30 anos e realmente quero encontrar um namorado, alguém para dividir a vida. Mas, honestamente, está complicado. Parece que todos os homens que encontro simplesmente não prestam.

Eu saio com caras que, no começo, parecem ótimos, mas logo mostram suas verdadeiras cores. Alguns são incrivelmente imaturos, outros não conseguem ser honestos nem por um minuto, e muitos não querem nada sério. É frustrante, porque eu sei o que quero e estou pronta para me comprometer, mas parece que eles não estão na mesma página.

Já tentei de tudo – aplicativos de namoro, saídas com amigos, eventos sociais – mas a história é sempre a mesma. Começa bem, mas logo surgem os problemas: falta de comunicação, desinteresse, ou simplesmente dizem que não estão prontos para algo sério. Onde estão os homens que realmente querem construir algo juntos?

O pior é a falta de respeito. Muitos mal se esforçam para conhecer você de verdade, estão mais interessados em jogar e passar o tempo. E os que parecem legais no começo acabam revelando que são emocionalmente indisponíveis ou têm um monte de problemas não resolvidos.

Isso me deixa tão desanimada. Às vezes até penso que o problema pode ser comigo. Será que estou sendo muito exigente? Mas acho que não é pedir muito querer alguém que seja respeitoso, honesto e queira investir em um relacionamento de verdade. Estou cansada de decepções e de sentir que estou perdendo tempo com homens que simplesmente não valem a pena.

Só quero encontrar alguém verdadeiro, que esteja na mesma sintonia e queira crescer junto. Mas, por enquanto, parece que essa busca nunca vai acabar. É como se todo homem que eu encontro viesse com uma lista interminável de defeitos e problemas, e eu estou exausta de lidar com isso.
R: 1 / I: 0 / P: 3

Parar de falar como uma batatinha.

Vamos conversar sobre fonoaudiologia. Já fizeram? Ajudou a se apresentarem com mais naturalidade?

Tenho muita vergonha da minha voz e vícios de linguagem, acredito que isso tem me sabotado na carreira. Fico com muita vergonha de falar em público, pois minha voz é muito infantil e trêmula, o que acaba piorando muito a situação, principalmente em reuniões. No momento eu estou desempregada, mas fico com ansiedade só de pensar em entrar em outro emprego.

Also, não tenho a menor vontade de incluir mais uma terapia na minha rotina, será que tem como fazer por conta própria com vídeos do youtube?
R: 1 / I: 0 / P: 3

Sim. Eu não acredito em deuses, mas acredito que as pessoas conseguem algumas coisas através da fé, por alguma energia que ainda não entendemos.
Vou relatar uma vez que eu fiz uma amarração por idiotice:
Estava eu e mais três amigas, nós morávamos juntas em uma república. Era 2015, não lembro o mês, mas era quarta-feira de tarde, bem cinzenta, sem aula por causa de greve das federais, chuva forte lá fora e acaba a energia. Resolvemos acender umas velas, na mesa de centro da sala, porque a casa era muito escura e ficamos sentadas em volta conversando. Conversa vai, conversa vem, chegamos num assunto de simpatias e minha amiga fala que já tinha feito uma simpatia com mel para conquistar um garoto e deu certo. Resolvemos então fazer a maldita simpatia, por puro tédio. Cada uma escolheu um garoto/garota. Acredito que o ritual era escrever o nome da pessoa em um papel, passar no mel e no cravo, queimar na vela e deixar a vela queimando até o final. Ficamos em volta fazendo uns mantras e falando para a vela queimar e arder a paixão da pessoa.
Nessa época eu estava passando por um momento difícil e não estava gostando de ninguém. Então eu coloquei um nome de um garoto que eu já havia ficado, mas eu não ligava pra ele. Na verdade eu até esquecia que ele existia.
Passaram umas duas semanas e o garoto veio morar muito próximo, coisa de 5 casas de distância. Até então nós havíamos ficado em 2013 e logo depois ele disse que tinha voltado com a ex. Ele me cumprimentava em festas, mas fingia que não me conhecia e era super frio. Eu não sei porque eu escolhi ele, mas ele era bem bonitinho e estiloso. Só que, depois dessa simpatia, ele começou a passar todos os dias na rua da minha rep, voltou a tentar falar comigo no whats, cancro e etc. Eu acabei ficando com ele algumas vezes, foram muito boas, mas eu não conseguia gostar dele de forma alguma. Alguma coisa me impedia de ser carinhosa e ou alegre do lado dele, ficava irritada e ansiosa e só conseguia pensar em outras pessoas. O tempo passou e eu segui minha vida, mas hora ou outra ele tentava me adicionar em alguma rede social, tentava falar comigo pra ver se eu estou solteira. Até que eu acendi uma vela e pedi perdão por ter feito aquela simpatia e que eu liberava ele de ter qualquer sentimento por mim, que queria ele livre e feliz. Depois disso ele não voltou mais, espero que não volte mais.
R: 3 / I: 3 / P: 3

EU VOU LUTAR
EU VOU VENCER
R: 2 / I: 0 / P: 3

Bom dia!

Bom dia, anãs. Achei essa imagem bastante pertinente ao site. Aliás, como estão?
R: 2 / I: 0 / P: 4

Tentando fazer amigas/amigos.

Boa noite, anãs! Decidi compartilhar um pouco do que estou passando ultimamente. Tenho me sentido um tanto solitária e percebi que preciso de mais interações sociais em minha vida. Por isso, decidi interagir com pelo menos uma pessoa diferente por dia e registrar aqui até que eu encontre uma amiga.
Estou indo agora no mercado buscar a minha primeira vitima, hue, logo volto para registrar como foi a minha primeira tentativa.
R: 1 / I: 0 / P: 4

Morte pós orgasmo

anãs, uma dúvida sincera de coração, vocês sentem vontade de morrer (chorar mesmo e ficar muito mal) depois de gozar? mesmo sozinha ou acompanhada sinto essa vontade de morrer, tenho border então eu ponho a culpa nele, mas talvez nem seja culpa dele…
R: 4 / I: 2 / P: 4

Relatos do banheiro público

Olá, anãs. Sou do tipo de pessoa que se recusa de todas as maneiras possíveis usar qualquer banheiro fora de casa para fazer minhas necessidades. Já presenciei e ouvi da boca dos outros tantos incidentes cômicos e nojentos que eu simplesmente prefiro segurar do que ouvir a mãe natureza.

Quando estava no ensino médio, por exemplo, além de ter visto inúmeras suspensões de alunos por conta de sexo, o banheiro masculino era tão porco que até os próprios homens deixavam de entrar por conta da presença de NINHOS DE POMBO COM OVOS e o teto desmoronando de tanto papel higiênico sujo e molhado grudado.

Se fosse somente o banheiro masculino como chiqueiro, não me importaria tanto assim porque isso não me atingiria de qualquer maneira, mas o banheiro feminino era nojento igual! O chão chegava a ficar preto de tanta sujeira e cabelo acumulado porque algumas alunas LAVAVAM o cabelo nas pias e pisavam no molhado com o tênis coberto de terra. A pilha de lixo vivia enorme porque a escola vagabundeava para pagar a equipe de limpeza, e algumas garotas se aproveitavam para roubar os rolos de papel higiênico inteiros e até mesmo as caixinhas de absorvente, sim, não apenas o absorvente como também a caixa artesanal de madeira para segurar o absorvente.

Banheiros públicos são puros experimentos sociais do governo para analisarem até onde nos humilhamos em troca de necessidades básicas, anãs… tomem cuidado…
R: 16 / I: 4 / P: 4

Queridas anãs colecionadoras

Oi anãs, vocês colecionam algo? Eu costumo colecionar figurinhas, objetos de uma personagem específica, pedaços de cabelos, fitas e bonecas de pano.
R: 3 / I: 0 / P: 4

Vou contar um segredo pra vocês.

>ver os pensamentos de uma pessoa já é possível

>a tecnologia já existe há alguns anos
>o Brasil (não como governo) possui essa tecnologia
>poucas pessoas sabem a respeito

Vou dar apenas uma dica pra vocês, anãs…
Cuidado com quem você se envolve e cuidado com o que você fala.

Vocês não precisam acreditar em mim.
Mas eu acredito que em algum momento esse fato virá a público. Então você ouviu aqui primeiro.

Inb4: Esquizofrenia e paranoia
R: 5 / I: 0 / P: 4

Sei que muitas aqui torcem o nariz para este assunto, só que eu gostaria de chamar atenção para esse pequeno detalhe. É um projeto de lei que busca estender a jurisdição da lei brasileira para punir supostos crimes cometidos no exterior. Por enquanto, pela lei brasileira, é impossível punir alguém por fazer em outro país algo que lá nesse país não seja crime.

O texto do projeto até cita eutanásia, o que é uma bobagem porque quem busca eutanásia em outro país provavelmente não voltará com vida e não poderá ser acusada(o) de nada. Puro fingimento, o projeto tem um alvo certo: as mulheres que buscam abortar em outro país.

Você até pode ser dessas conservadoras radicais que acham que mulher tem que ceder o corpo para gestar feto até se for feto de estupro ou se a própria vida estiver em risco. Mas quero chamar atenção para os efeitos colaterais de uma lei assim entrar em vigor. Ela fomenta a violação da privacidade e prejudica o direito de ir e vir de todas as mulheres, exceto (talvez) as que são crianças ou muito idosas. Virtualmente qualquer mulher que alguém queira prejudicar, atormentar ou perseguir e que faça uma viagem internacional poderia ser acusada de ter ido fazer aborto em outro país. Uma 'dor de cabeça' a mais para a vida das mulheres, algo que jamais seria usado contra homens.

Tudo isso se dá por um motivo simples: é impossível proibir e reprimir o aborto de forma eficaz sem violar sistematicamente direitos fundamentais das mulheres. Esses direitos podem ser desde o direito à privacidade e intimidade e o direito de ir e vir, passando pelo direito à saúde e integridade física e chegando, nos casos mais extremos, ao direito à vida.
R: 6 / I: 2 / P: 4

Tenho um negócio pra contar pra vocês. Duvido que acertam o que é.
R: 0 / I: 0 / P: 4

Boa noite, anãs? Tudo certinho com vocês?

Venho compartilhar e cumprir a promessa que realizei no final do ano passado: Parar de usar chan até arrumar um trabalho.

No final, eu não arrumei O trabalho mas acabei de fechar meu primeiro freela do ano. Finalmente! Sei que faz pouco tempo mas estou desde Janeiro tentando ao máximo melhor meu currículo para que eu pudesse ter uma fonte de renda mais interessante. Arrumei bolsa de estudos em uns cursos da área, aprendi a divulgar, conheci gente do ramo pra me orientar e cá estou eu esbanjando o sucesso de ter ganhado 10 doláres por fazer algo frugal.

Enquanto eu recolhia as roupas do varal, pensando comigo como eu deveria escrever isso, apareceu um fodido esperança na varanda. Então espero que papai do céu, o universo, ou seja lá quem tiver o poder maior pra me abençoar, esteja me dando agora um gostinho do que pode ser uma vida melhor. Fode NÃO, trabalhar 6x1 num subemprego à 2h de casa tava de fuder.

Espero tudo de melhor pra vocês. Obrigada pelo espaço
R: 2 / I: 1 / P: 4

Cansei de viver

Olá gente, eu estou em um momento da minha vida horrível, estou tomando antidepressivos, antipsicóticos, chorando todas as noites, não consigo nem me mexer direito sem sentir um enorme cansaço. Então queria pedir dicas de vocês sobre isso aqui:
corte nos pulsos na vertical, me enforcar com uma corda (aquelas normais marrons, que são bem resistentes) e tomar tarja preta com vodka e energético me mataria sem muita dor e rápido? Eu juro que já cansei de rezar para morrer, e já cansei de viver. Eu sinto vontade de morrer desde os 11 anos de idade e eu simplesmente não aguento mais isso. Por favor me ajudem, eu peço de coração aberto. :(
R: 6 / I: 1 / P: 4

Eu gosto de vocês.
Espero que consigam aquele namoradinho que as façam felizes e que descubram o caminho para aquilo que vocês realmente querem fazer nesta vida.
R: 3 / I: 0 / P: 5

anãs universitárias que tiveram sua adolescência sendo reclusas, como foi ingressar e aguentar a demanda da faculdade? dicas pra a anã caloura aqui
R: 2 / I: 0 / P: 5

sobre sonhos, profissões e pobreza

Anãs, venho aqui compartilhar uma angústia que me vem dilacerando meu coração a uns bons meses.

Tenho me encontrado cada vez mais em desenho, bordado, criação no geral, é uma coisa que vem me ocupando a cabeça e me impede de alimentar minha vontade de gritar até explodir e tenho pensado até em transferir meu curso para algo relacionado as belas artes, mas tem um porém:

>>>EU SOU POBRE PARA UM MAJESTOSO CARALHO


Não digo no sentido de passar fome, mas nasci num ambiente que nada além de casa e comida me é garantido. Hoje curso pedagogia, a profissão docente é majestosamente necessária, e surpreendentemente o carinho que você recebe dos alunos é preenchedor e gratificante. Nesse percurso tive experiências traumatizantes não com os alunos (o esperado) mas sim com as baixas remunerações (descobri que um cargo alto de um colégio renomado e tradicional que eu trabalhava ganhava um salário mínimo e isso alugou um triplex eterno na minha mente), administrações porcas e cobranças sobre-humanas numa profissão que claramente será extinta nos próximos anos.

Visto esta situação, apesar de amar o carinho que recebi dos alunos estou decidida em abandonar o barco afundado a décadas que é a área da educação, cheguei a me formar em um curso técnico na área da saúde e atuei na área durante a pandemia, ver corpos passando a todo momento além de estar numa área de conhecimento que simplesmente não ligo me fez querer explorar outras coisas além de não querer perder uma boa vaga na federal que consegui passar em nono lugar na chamada regular.

Mas nessa busca por um norte de vida, sabendo que já dentro da federal do meu estado já posso pedir transferência pra qualquer curso eu quiser, eu posso voltar pra área de saúde, algo que, por eu ser pobre me dará uma certa garantia de uma vida ok, mas com um problema de eu simplesmente >>detestar<< o ambiente mórbido e tóxico da área da saúde, ou eu posso seguir a minha paixão recém descoberta e seguir meu sonho de infância num curso de moda, mas com o grande obstáculo:

>Mais uma vez, POBRE

>Sem apoio financeiro e emocional da família, afinal, não dá retorno financeiro nem garantido e nem imediato
>Curso com grande dificuldade de inserção em estágios, trainees e etc (não quero ficar rica, apenas ter uma renda ok para ter uma qualidade de vida além de sobreviver).

E o pior, apresar de todos esses contras, é a única área do conhecimento que me vejo genuinamente interessada em estudar e trabalhar, há um interesse além de não ligo um pingo pro que estou fazendo mas preciso de dinheiro, e essas barreiras me causam uma revolta tão grande.

O mundo é uma >BOSTA< pra quem nasceu pobre, é uma pressão por sobrevivência tão enorme que te tira o direito simples de DAR A MÍNIMA FODA PRO QUE FAZ, a divisão é bem clara, quem tem dinheiro estuda as artes e a humanas, pois podem se manter sem trabalho para depois se tornarem grandes em suas áreas pelo capital cultural do quem indica, e o FUDIDO DO POBRE faz um curso exato e técnico pra ter um retorno rápido de grana e mesmo assim fica estagnado por não ter o poder do meu parente é o dono. Cada vez que a realidade me atropela e eu me dou conta de quem sou, onde sou e qual o lugar na sociedade reservado pra mim, mais sinto o ódio mais primordial e feroz de não saber que simplesmente o lugar que eu nasci não vai me deixar ter uma qualidade de vida minimamente decente porque simplesmente o sistema decidiu que um médico que estudou nos melhores colégios particulares é um ser humano mais merecedor de uma vida digna do que eu que simplesmente quero ter uma vida confortável como artista.
R: 12 / I: 3 / P: 5

Fui seduzida pelo ChatGPT.
R: 3 / I: 0 / P: 5

Me enganei. Cozinhar não é fofinho. Não é bonitinho. O frango é feio, nojento, fedido e cheio de pele.
R: 8 / I: 0 / P: 5

>homem
Essa porra serve para alguma coisa?
R: 22 / I: 11 / P: 5

COMO ERA O MACHISMO NOS ANOS 80 E 90 - MAIS UM DA SAGA DA VELHA & CHATA ANÃ

AVISO
Não pretendo com este fio causar discórdia entre as anãs ou promover qualquer forma exatamente de partido ou lado político. Apenas descreverei um pouco da sociedade que vivi e quais as limitações que a mulher tinha nestas épocas

às vezes tenho curiosidade em saber como as anãs do recinto - em sua maioria na faixa dos 20 anos, creio eu - imaginam como era o mundo quando fala-se muito de avanços da mulher na sociedade nos últimos anos…

>M-molieres andavam acorrentadas?

>V-verdade que apanhavam do marido todo dia?
>C-cinto de castidade?

Não, não era bem assim. Mas a mulher era muito, muito limitada mesmo. E seu papel era quase que imutável, como procriadora e cuidadora doméstica. O que causava muita tristeza e desgosto. Para todos. Só que isso era, de certa forma, naturalizado.
R: 29 / I: 16 / P: 5

Um cracudo acabou de tentar entrar na minha casa, meu deus, anãs. Eu odeio o Rio de Janeiro, é impressionante como a zona norte é cheia de cracudos!! 1h da manhã, vou ao banheiro, volto, sento na cama e vejo pela janela um braço tentando abrir meu portão, como pode? Eles saem fazendo isso por aí livremente, cara. Como pode, como pode? Moro sozinha com a minha mãe e pra piorar ela trabalha a noite, durmo sozinha a semana toda. Me ajudem, em caso de emergência como posso fazer uma defesa pessoal eficiente contra um marginal? Não é nem brincadeira, estou me tremendo de nervoso! Não é fácil de invadir minha casa, mas eles são espertos… No susto peguei minha gata e a maior faca da cozinha, kek.
R: 11 / I: 2 / P: 5

oi anãs!
fui chamada de transfobica na minha sala e agora todas me odeiam. minha sala é magistério, só tem 1 garoto que é cis, 2 garotos trans e uma garota trans, falei que biologicamenteb ela continua homem (tem uma lore antes de eu dizer isso, porém estou com preguiça de escrever kekw, se quiserem mais detlhes eu as conto!), e agora literalmente todos da sala me odeiam e me olham torto, o que vocês acham, eu fui errada?
R: 9 / I: 2 / P: 5

COMPUTARIA TEMPO

Quem embarca comigo num LFS? (Linux From Scratch)
Tem anã linuxeira no recinto?
R: 5 / I: 2 / P: 5

NÃO VAI PASSAR!
R: 9 / I: 3 / P: 6

Alguma de vocês sabe qual é uma música cujo o clipe é um onde a cantora sai de uma casa, aí o cameraman entrega uma rosa pra ela, ela pega e sai caminhando, cantando, enquanto o câmera a acompanha?
Ouvi essa música quando era bem pequena, quando o Cartoon Network passava clipes musicais durante os comerciais, e não consigo lembrar nem um pouco da letra para pesquisar.
Durante anos, achei que fosse a Fergie, mas parece que não é, já que não achei nada parecido da parte dela.
R: 2 / I: 1 / P: 6

Eu sou uma assassina.
R: 8 / I: 0 / P: 6

E se fosse com você?
R: 35 / I: 8 / P: 6

ATROCIDADES.

Anã, me conte qual foi a maior atrocidade on-line que já presenciou.
Me diga o QUÊ que em anos de internet te fez questionar o motivo pelo qual a humanidade ainda não foi extinta.

Opéia starta: grupos de bareback e vitaminados.
R: 4 / I: 0 / P: 6

Eu não tenho mais nenhuma conexão real na minha vida.

Amizades, família, um amor, nada.
R: 11 / I: 1 / P: 6

Femcel

Anãs o que seria uma femcel pra vocês? Vocês acham que uma mulher hétero se encaixa como femcel?
R: 7 / I: 2 / P: 6

Vocês também tem algum tipo de fobia social?

Olá, sou nova por aqui.
tenho 21 anos, mas não sei entrosar com vocês. :(
enfim, só queria tirar uma dúvida que é: a fobia social. vocês tem? ela está estragando minha vida. minha vida amorosa, vida na faculdade… eu sou fechada pra tudo. eu rezo a deus que exista alguma moça que se identifique com isso,e que ela esteja aqui para podermos ser amigas ou sei lá menos ajudar uma as outras
R: 16 / I: 4 / P: 6

Fui em um show de black metal da minha cidade e presenciei de perto uma mulher com um homem na coleira. Literalmente isso, um homem de choker com uma corrente e a mulher levando ele pra todo canto possível.
Não sei como me sentir sobre isso, só sei que fui embora na hora e eu precisava compartilhar isso com alguém.
R: 9 / I: 1 / P: 6

>adoro ver sobre looksmaxxing e supermodelos
>nasci com rosto de modelo
<155
O demiurgo é um brincalhão, it's over
R: 9 / I: 1 / P: 6

>nasce branco, alto, loiro dos olhos azuis e com um rosto aceitável.
>tem boa dicção e desenvoltura para falar com as pessoas
>tem pai e mãe
<consegue ser um fracassado fodido mesmo assim
Eu não entendo meu namorado. Pelo menos eu tenho desculpas para ser falha.
R: 24 / I: 5 / P: 7

[deletado]
R: 7 / I: 1 / P: 7

[deletado]
R: 6 / I: 1 / P: 7

Eu caguei, eu caguei depois de tomar banho.
R: 4 / I: 0 / P: 7

Emprego

Anãs, vocês acham que são bem remuneradas pelo que fazem? Eu me mato de trabalhar e estudar e ganhava bem, porém pedi demissão em 2022 por conta de uns assédios que estava sofrendo por um dos sócios (fiquei com medo e não processei, era PJ). Depois disso fiquei alguns meses fazendo alguns trabalhos freelance, mas eles não estavam cobrindo os meus gastos, então entrei em outro "fixo" (também com contratação PJ, que foi o que consegui na época), mas estou ganhando bem menos fazendo a mesma coisa que fazia antes (e trabalhando como CLT, porém sem todos os benefícios por ser PJ).
Estou todos os dias enviando currículos, mas até agora nenhum lugar me respondeu e estou doida para sair da minha empresa atual. Pensei em criar um curso da minha área para tentar conseguir uma renda extra por enquanto (apesar de não acreditar muito que esse tipo de coisa vingue) pois já dei aulas em uma época e é algo que gosto bastante de fazer, mas não me parece algo para ser feito a longo prazo. Queria algumas alternativas para ganhar dinheiro, pois estou me planejando para me mudar e tentar crescer com minha carreira.
R: 3 / I: 0 / P: 7

Boa tarde.
R: 1 / I: 0 / P: 7

desenhos

Alguém aqui que gosta de desenhar pode responder esta dúvida? É mais fácil começar a desenhar com aquarela ou giz pastel? Levando em consideração que vc não tem experiencia com nenhum dos dois materiais
R: 13 / I: 3 / P: 7

Como vocês estão?

Oi anãs, sou relativamente nova aqui no fórum, como foi a semana de vocês?
Na minha semana fiz algumas descobertas pequenas, as aulas iniciaram e tudo está ocorrendo bem. Acho que os dias tem passado de maneira estável, faz um tempo desde que não me sinto tão feliz e regular!
R: 2 / I: 0 / P: 7

Anãs, me ajudem! Meu teclado está todo bugado. Quando eu clico em uma tecla, automaticamente vai a que está do lado.
Exemplo: "rrt, We, uy"
Me ajudem, por favor.
R: 4 / I: 1 / P: 7

Eternidade.
R: 5 / I: 3 / P: 7

Como é ser uma consciência presa em um corpo decadente de carne, onde tudo o que você conhece são percepções da sua mente, como se as coisas apenas viessem a existir em seu nascimento, e estar condenada a uma busca incessante por satisfação e fuga da dor, sendo uma vítima escravizada por seus sentimentos e sensações em um mundo que não se adapta aos seus desejos?
It's over pra vocês. Ainda bem que sou uma baseada consciência infinita universal observadora de todos os fenômenos materias, mentais e transcendentais.
R: 19 / I: 8 / P: 8

EU VOU MATAR VOU MATAR TODAS AS ANÃS VOCÊS ESTÃO ME ENCHENDO A PACIÊNCIA ESSA SEMANA EU VOU DEGOLAR VOU MATAR VOU ESTRANGULAR VOU DECEPAR A CABECINHA DE CADA ANÃ RETARDADINHA QUE NÃO LÊ A BUCETA DOS FIOS PINADOS ANTES DE CRIAR FIO QUE NÃO LÊ AS REGRAS ANTES DE POSTAR QUE VEM CHORAR NO APELO DE BAN EU VOU MATAR MATAR MATAR VOU MATAR TODAS UMA POR UMA ME ESPEREM NAS SUAS CASAS, EU ESTOU VINDO LHE PEGAR!
R: 8 / I: 5 / P: 8

Visual Novel

Vocês gostam de Visual Novel?

A primeira que li foi Saya no Uta e a história tocou bastante em meu coraçãozinho. Posteriormente e curiosamente, reencontrei um homem que também havia lido e isso me motivou a entrar mais nesse meio.

Atualmente estou lendo Rewrite e umas outras menores e mais idiotas, mas planejo conhecer outras.

Vocês tem alguma sugestão de VN boas?
R: 9 / I: 5 / P: 8

Vício em p0rn

Boa noite anãs, quero comentar sobre um assunto “delicado” e quase não vejo outras mulheres falando sobre… o assunto em questão é o vício em pornografia, eu não acho que eu seja viciada, mas provavelmente estou no caminho para me tornar uma, alguém compartilha esse sentimento? Eu passei de nunca ver, para ver todo mês, toda semana… e agora quase todo dia, estou querendo me conter, mas as vezes não consigo, e por incrível que pareça eu consumo mais hentai que pornografia com humanos, vocês tem alguma dica para me dar ou alguma ajuda ou relato no geral?
R: 30 / I: 8 / P: 8

SUA IDADE

Falem sua idade, sinto que sou a anã mais velha deste recinto, tenho 29, e parece que estou cercada de garotinhas que acabaram de sair da adolescência pelo tipo de tópico recorrente. Senti, o tempo passou e eu sofri e envelheci calada
R: 4 / I: 1 / P: 8

Boa noite, anãs, que dia a menstruação de vocês começa? A minha começou hoje :3.
R: 12 / I: 1 / P: 8

[deletado]
R: 6 / I: 2 / P: 8

Cadê a anãzinha que fez o de paixões fictícias da infância? Por que apagou o fio? BUÁÁÁÁ!
R: 8 / I: 8 / P: 8

Postem pássaros com auras misteriosas.

Este aqui eu acho particularmente tenebroso.
R: 2 / I: 1 / P: 8

Como lidar com uma mãe totalmente narcisista e possessiva? Ela não me deixa nem mesmo ir para a igreja… Agora estou conhecendo um rapaz da faculdade e ela enlouqueceu, chegou até a me bater. Como lidar com isso?
R: 13 / I: 13 / P: 8

Velhanã reportando dentro…

Tive a vontade de fazer este fio -meio besta - sobre como foram as décadas que vivi e o que achei de cada uma.
Gostaria de deixar talvez como uma referência e curiosidade para as anãs mais novas para talvez agradecerem- e MUITO - terem nascido agora. Perguntem o que quiserem…

Década de 80
Eu era muito criança ainda, mas foi o suficiente para ter um caso de amor e ódio por esta década. Amor por ter conhecido todos que amo, primeira infância tranquila e muito alegre. Passeios no Playcenter,Parque do Ibirapuera, chegadas do Papai Noel de helicóptero, brinquedos maravilhosos.
Ódio por que esta década foi marcada pelos pseudo-revoltadinhos que só surfaram na onda do hurr durr sou contraventor e distorceram totalmente as verdadeiras e necessárias ideias de mudança que então se principiavam e viraram uma pá de velho chato e reacildo hoje em dia. Gostava muito da moda da época, baseada em coloridos, brilhos, e mudanças radicais no modo de se vestir.
Reacildos e mega conservadores (DE VERDADE) todoonde.

Década de 90
Minha adolescência. Ô decadazinha nojenta cheia de padrãozinho imbecil, o contrário da anterior, cagação de regra para todoonde,molecadinha chata, burra, insuportável com suas rodinhas de descolixação onde tudo o que interessava era pegação(aka PUTARIA),balaids(aka SURRA DOS PAIS ÁS 06:00 DA MATINA DO DOMINGO), seguir á risca a última modinha de merda e ficar infernizando e julgando quem não seguis estas merdas. Moda feia, horrorosa, sem cor, 50 tons de marrom cocô todoonde, AQUELA ROUPA AMALDIÇOADA DA BABALU DA MALHAÇÃO.
Gente burra e vazia sem vontade de mudar nada, zona de conforto total.
Só não xingo mais esta década porque foi onde conheci meu vício - videogame - e tecnologias em geral, que sou apaixonada.E foi nela que decidi seguir meu curso atual (Física) e fui julgada e agredida como a foda por isso.. EU ODEIO DESCOLIXO, JÁ DISSE ALGUMA VEZ???.

Década dos 00
Primeira fase da juventude. Uma merda, só me fodendo, me metendo com gente errada, lugares errados, TUDO errado. Sempre fodida sem dinheiro próprio por conta de ter potencial mas ser batata em tudo.
Época de grandes aprendizados para a vida. Fechou em 2010 com chave de outro, comigo saindo candidata a deputada estadual e conhecendo de perto o lado podre do ser humano.
Deslumbrante apogeu do início das tecnologias atuais, consolidação da internet. Moda que começava a se desapegar dos padrõezinhos asquerosos da década anterior.
Começam a consolidar as ideias de mudança social de hoje. Juventude em geral começa a ficar mais séria e menos vagabunda.

Década dos 10
Fase adulta a termo. Várias voltas por cima. Remoção dos lixos adquiridos na minha vida na década anterior. Consolidação das minhas principais ideias e modos de vida (carreira em TI/continuação da faculdade que tinha parado na década anterior, relacionamento firme, veganismo - me tornei vegana em 2012 e sou até hoje).
Onda geek volta e consolida com força (me julguem, amo Marvel/DC,Disney, etc..), nunca fui tão feliz na minha vida. Fim definitivo dos padrõezinhos porcos de antes. Expansão da tecnologia como a vemos hoje. Hackerismo. Melhor década ever.

Desculpem o textão chato, mas e aí? O que acharam?
R: 0 / I: 0 / P: 9

Estou a chorar…
R: 4 / I: 2 / P: 9

Essa coisas são capazes de transformar meu quarto em uma câmara de gás.
R: 19 / I: 10 / P: 9

Holy shit, vocês ainda existem.
Achei que essa cultura tinha morrido.

Saí dos imageboards há mais de 5 anos atrás. Hoje por mera curiosidade fui dar uma olhada no que existia e parece um cenário pós apocalíptico.
Das coisas que eu conhecia, só restaram vocês.
R: 8 / I: 9 / P: 9

Os dois são chamados de manga.
R: 1 / I: 0 / P: 9

Fujimoto é um caralhudo mesmo! Esse mangá está muito bom e eu não vou parar de ler.
R: 2 / I: 2 / P: 9

pragas

Temos anãs biólogas por aqui?
Irmãs, já não sei mais o que fazer. Minha casa ta com infestação de lesma tem uns meses (cerca de 6). Já testei remédios, sal, tem muitos sapos no quintal pra preda-las, mudar plantas de lugar e até esconde-las etc e nada adianta.
A gota d'água agora foi que, pela segunda vez, uma de +- 17cm entrou no meu quarto, deu um puta role aqui, pelo chão, parede, passou até pelo montinho de roupa que eu ia guardar (!!), e encontrei ela em cima do meu fucking piano, puta que pariu! Tá tudo melecado, to quase chorando imaginando ela passando pelas teclas do meu piano e como que vou limpar isso. To ficando louca por conta delas. Já não basta terem comido meu quintal e minha horta toda, agora estão invadindo dentro de casa. PRECISO DE AJUDA
(ps: não tem como eu me desfazer do quintal e outras plantas, meio que isso é 80% da minha casa, imaginem que eu moro numa casa no campo)
R: 1 / I: 0 / P: 9

Depois de ponderar por um tempo aqui, cheguei a conclusão de que channers estão fadados em permanecer no mesmo ciclo eternamente. Eles chegaram aos chans buscando respostas e o que receberam foram respostas idiotas e uma idelogia tacanha fabricada para alimentar seus egos. Oras, o problema não sou eu. O problema são os negros. O problema é o governo. O problema são as mulheres, o problema é a sociedade.

Enquanto isso, o problema principal é ignorado, que é o crescimento pessoal. A vontade de enfrentar seus verdadeiros problemas para tentar ter uma vida melhor.
A pessoa comum não fica parando pra pensar "oh minhas dores, ó sofrimento do mundo, ó a sociedade….". Ela vê um problema local e resolve da melhor maneira que pode com as ferramentas que tem. Ela não é a pessoa mais inteligente do mundo e ela sequer cogita isso. Ela só pensa na sua sobrevivência e responde de acordo. Muito ocupada vivendo ao invés de filosofar a respeito do que pode ser.

E é isso que falta ao channer. A praticidade da vida diaria. Resolver problemas reais da vida real, ao invés de ficar arrumando desculpa em terceiros para suas questões.
E gente assim não irá pra frente nunca (a menos é claro, que quebre o ciclo).

Então eu as convido. Se você quer sair dessa vida de merda que você vive. Pense mais no seu dia a dia. Como resolver o seu dia a dia, a vida simples, a vida comum, ao invés de achar que você precisa das soluções para os problemas profundos. E principalmente, de achar que um bando de gente que não tem coragem de encarar a sociedade como ela é, que te dará as respostas para os seus problemas.

Parece contraditório (como muitas coisas são), e é. Mas é a mensagem que eu posso te deixar. Espero que você internalize isso e vá viver a sua vida.
A maioria dos que frequentam esse tipo de ambiente não tem mais solução. Estão envenenadas(os) demais para te ajudar.

Grande abraço e fique bem.

Ps.: Porém isso não significa que você não possa usar os chans para questões triviais, como por exemplo, dicas culturais, o que assistir, o que ler, o que tem de bacana no mundo da música.
Mas eu te recomendaria não ir além disso.
R: 1 / I: 0 / P: 9

Imageboards se tornando mainstream

Gostaria de levantar uma questão:

O que vocês achariam do conceito de imageboards se tornarem mainstream?

Por conceito entendam a ideia de um espaço anônimo onde as pessoas possam compartilhar seus interesses e opiniões.

Lembrando que um dos desafios de tornar um imageboard mainstream no Brasil é que pela constituição não pode existir anonimato (no que se refere a expressão de ideias). Então pra tornar um imageboard aos modos como conhecemos como algo legal, seria preciso bolar alguma forma de identificar o responsável pelo post caso necessário.
Um segundo desafio seria monetização de um imageboard mainstream.
Como tornar um imageboard algo rentável. Como fazer anunciantes aceitarem veicular propagandas em um chan?

E quanto ao mainstream eu me refiro a algo no nível de um Twitter ou Reddit em termos de popularidade (famoso twitter da galerinha de bad).

Vou ser sincera de que pessoalmente eu gostaria de ver esse conceito se tornar algo popular. Popular ao ponto da sua tia usar o imageboard preferido dela pra falar do quanto a receita de fubá dela não estava dando certo e pedindo por ajuda.

E você?
A favor ou contra uma popularização massiva dos imageboards?
R: 5 / I: 3 / P: 9

A tela do meu celular morreu. Tem algum meio de eu passar as fotos para o pc?
É um moto g, fica pedindo permissão pelo cel pra acessar (não consigo porque não da pra ver a tela…)
R: 9 / I: 4 / P: 9

Qual jogo as anãs estão jogando?
R: 2 / I: 0 / P: 10

>sqc nunca vou ter uma amiga pra fazer essas coisas bobas juntas
Vontade de me matar.
R: 27 / I: 14 / P: 10

>seja 𝖘𝖆𝖑𝖙𝖇𝖚𝖗𝖓
>roteiro previsível
>ator bonito pra atrair publico
>história vazia
>cenas de nudismo e sexo nonsense pra impactar
>plot fraco
>mas…
<ganhe clamor dos wokes
<o nudismo faz eles buscarem e coparem por significados
<"l-lamber porra é o sonho de todo mundo, não..?"

Faz tempo que não vejo um filme com um roteiro tão fantasioso e presunçoso assim, fica mais estranho ainda quando vi que ele é também considerado comédia '-'
R: 71 / I: 8 / P: 10

Fio de cigarro

Não sei se ainda existe, mas, bora um fio sobre cigarros?
>com quantos anos começou a fumar
>preferido
>desgostante
>ritual preferido para fumar um cigarrinho.

<se tu não fuma e por acaso é contra, ignore o fio, ninguém quer lição de moral.
R: 2 / I: 0 / P: 10

Será preciso coragem para fazer o que vou fazer: dizer. E me
arriscar à enorme surpresa que sentirei com a pobreza da coisa
dita. Mal a direi, e terei que acrescentar: não é isso, não é isso!
Mas é preciso também não ter medo do ridículo, eu sempre preferi
o menos ao mais por medo também do ridículo: é que há também o
dilaceramento do pudor. Adio a hora de me falar. Por medo?
R: 13 / I: 1 / P: 10

Matemática!

Ok, mas você consegue resolver a questão mais fácil de uma prova feita a nível de ensino médio?
R: 23 / I: 14 / P: 10

Boa tarde, minhas lindas. Quais são seus planos para 2024?
R: 18 / I: 3 / P: 10

Sobre desenho

Anãs, postem desenhos seus
Como descobriram o traço de vocês? Sempre pego inspirações mas nunca sinto que é algo original ou acabo mudando muito facilmente constantemente, fico frustrada com o fato de que sempre que pego o lápis para desenhar a única coisa que consigo fazer são rostos que se eu olhar novamente daqui 5 dias eu vou pensar "puta merda que desenho lixo" não vejo mais expressão, não tenho mais criatividade. O que vocês fizeram para voltar a desenhar? Me sinto pressionada por mim mesma
R: 0 / I: 0 / P: 10

NÃO FAÇA THREADS SOBRE OS SEGUINTES ASSUNTOS OU VOCÊ SERÁ BANIDA POR 7 DIAS:

- RAÇA, RELIGIÃO E NACIONALIDADE (Isso inclui estereótipos e preferências)

- Por que toda anã.. (insira qualquer coisa aqui)

- Por que as anãs gostam de caras que.. (insira qualquer coisa aqui)

- Temos anãs que.. (insira qualquer coisa aqui)

- Como arrumar um namoradinho/namoradinha/amiguinho (que faça xyz)

- Discord e links de panela

- Threads de bait (inclui threads de fetiche e outras threads)


METAFIOS:

>>>/b/18753 fio geral de Q&A para tirar suas dúvidas com as anãs.
>>>/escoria/4774 fio de betagens, chororô por homem e afins
R: 0 / I: 0 / P: 10

REGRAS

O Magalichan é uma comunidade para o sexo feminino. Não queremos posts de homens. Caso você fale como um homem, seja bait ou não, será banido. Encorajar homens a responder pode ocasionar em um ban temporário ou um aviso.

- NÃO poste nada ilegal.

- NÃO somos professoras de português, mas apreciamos um português minimamente decente.

- NÃO poste gore, imagens fortes, pornografia, etc.

- NÃO POSTE LINKS DE PANELINHA DO DISCORD.

- NÃO poste SPAM.

- NÃO use emojis ou salmãospeak.

- NÃO organize raids.

- NÃO poste doxx.

- NÃO tragam prints de conversas em redes sociais, ou qualquer coisa que potencialmente possam te identificar em outros lugares da internet.

- Menores de idade são proibidos de postar.

- Esse espaço é anônimo. NÃO queremos avatarfags e muito menos paneleiros.

- Descarrilhar threads acusando outras anãs de serem homens é passível de ban, se você desconfia que algum homem está postando no chanzinho, REPORTE!