[ homepage ][ b ][ frufru / lit / an / escoria / wired ][ mod ][ overboard ][ regras / faq / banlist / histórico ]

/escoria/ - Escória

[]
E-mail
Assunto
Comentar
Verificação
Arquivo
Inserir
Options
Senha(Para excluir arquivos)
  • Files bigger than 250x250 pixels will be resized.
  • Allowed file types: jpg, jpeg, gif, png, webp, jfif, mp3, webm, mp4.
  • Maximum size per file: 7 MB with maximum dimension of 10000 x 10000.
  • You may upload 3 images/files per post
  • Valid embeds are: Youtube - Vimeo - Dailymotion - Soundcloud - Vocaroo - Bitchute - 
Ordenar por: Tamanho da imagem:   [Recarregar]   [Arquivo]   [Featured]
R: 12 / I: 0 / P: 1

Sou esquisita por não gostar de mandar nudes? Namoro há 5 meses e meu namorado insiste diariamente para que eu mande, ele fala que não tem problema já que estamos em um relacionamento e que é normal. Sinceramente me incomoda eu ter que tirar fotos do meu corpo e mandar pra alguém, tipo, qual a graça? Ele já vê tudo na vida real, pra que foto? Admito que me sinto incompetente por não mandar pois de vez em quando vem a calhar.
R: 5 / I: 1 / P: 1

Anãs, comecei um relacionamento recentemente, tudo anda tranquilo. No entanto, ainda sou virgem e tenho medo de sentir muita dor durante a primeira vez na penetração.

É justificável eu ter esse medo? O que posso fazer para doer menos? Preciso de conselhos.
R: 17 / I: 1 / P: 1

>transo 3 vezes no mesmo dia com meu fruto
>ele goza nas duas primeiras vezes
>na terceira ele diz que está cansado
>pede para eu chupar
>fala para eu parar pois ele já gozou duas vezes e segundo ele "incomoda"

Fode sim ser mulher anãs. Me alegra saber que a maioria dos homis nunca experienciará orgasmos múltiplos, hue.
R: 11 / I: 4 / P: 1

Trauma e Relacionamentos Amorosos ♥

Em 2019 tive meu primeiro relacionamento amoroso com um channer fodido que me quebrou de todo jeito que podia. Me traumatizou completamente. Ele era borderline (eu acho), completamente doente. Mentia muito sobre todo tipo de coisa o que me gerou muito problema em confiar de novo em alguém, especialmente em um homem.

Me entreguei tanto para aquele porco que sinto que nunca mais vou conseguir fazer isso de novo pelo medo de acontecer o mesmo e eu não aguentar dessa vez.

Em 2020, no início do ano, conheci um cara normal; não era channer só tinha amizade com alguns. Ele entendeu meu trauma e me aceitou como eu era, esperou o ano inteiro pra eu conseguir me sentir confortável. Meu Deus, ele era 4 anos mais novo que o primeiro e era muito mais homem do que aquele imundo jamais vai ser. Ambos moravam longe de mim e enquanto o primeiro me enrolou o ano inteiro pra EU ir vê-lo, o segundo sequer pensou duas vezes antes de pegar um ônibus e viajar 12h pra me ver. Nós nem mesmo transamos na primeira vez que ele ficou aqui e ele ficou uma semana inteira na minha casa. Ele parece o cara perfeito.

Ele era completamente louco por mim mas, claro, a porra do meu trauma não me deixava amar por completo. Sempre senti tanta culpa por isso. Eu o amo, amo tanto, mas eu sinto que não consigo me entregar direito.

Por algumas coisas que aconteceram nesse ano, nós não conseguimos nos ver já fazem 11 meses. Ao longo desses meses nós nos afastamos tanto. Tanto eu como ele começamos a faculdade e ficamos tão ocupados com as nossas coisas, e na hora de nos vermos só… nenhum de nós mais sentia vontade. Tive uma conversa franca com ele. Disse que ainda gosto dele e quero tentar, mesmo claramente o fogo tendo sido apagado parcialmente. Ele disse que realmente não gosta de mim como no início, mas como vem morar na cidade vizinha ano que vem disse que talvez nós podíamos nos ver as vezes. Não disse se como amigos ou como algo a mais.

Eu não sei o que fazer, eu gosto muito dele e me sinto tão ressentida comigo mesma por não conseguir expressar esse amor por causa de uma terceira pessoa. Uma pessoa que hoje eu sinto tanto nojo e desprezo. Não quero me apegar a esses sentimentos, me pergunto até quando as lembranças ruins e o medo vão me impedir de seguir com minha vida amorosa e amar alguém plenamente.

E meu Deus, como eu sinto saudade do meu segundo namorado. Como eu me arrependo de não ter abraçado ele por alguns segundo mais, não ter beijado mais uma vez antes dele ir embora da última vez que veio aqui e que eu não sabia que seria a última. Que dor horrível no coração que me dá pensar nisso. De ver aquele ônibus indo embora pensando que veria ele em alguns meses e agora estar nessa situação, só escrever isso já me faz chorar.

Como eu posso consertar meu relacionamento? Ficamos juntos por dois anos, eu nunca ia me perdoar se só deixasse morrer assim.

E como eu me curo disso? Desses sentimentos que me causam tanta culpa. Como eu faço eles irem embora pra sempre? Passei um ano fazendo terapia com dois psicólogos diferentes o que já me ajudou muito mas eu senti que estagnou em um momento e preferi não desperdiçar mais dinheiro com isso.

Como eu posso me entregar de verdade pra quem me merece de verdade?
R: 10 / I: 1 / P: 1

Anãs preciso de um conselho, eu comecei namorar recentemente (nunca pensei que aconteceria) mas, ele é muito fofo e tímido eu tomei a iniciativa muitas vezes e bem….eu gosto de BDSM ou qualquer outra situação em que eu seja submissa e não consigo conciliar ele como um dominante.

Eu não tenho problema de assumir a liderança, mas ele é do tipo sentimental e romântico

>Eu gosto do romântico, mas perto dele eu me sinto uma degenerada/pervertida nos meus pensamentos, eu não quero que ele ache que eu sou uma puta.


Estou tentando ir aos poucos e eu sei que isso vai levar um tempinho, eu não estou desesperada.
R: 15 / I: 3 / P: 1

Anãs, preciso de conselhos amorosos, estou muito mal. Gosto de um cara que me ODEIA, porque fui extremamente babaca com ele no passado. O ódio dele é do tipo de nem querer ver a minha cara, não quer nem conversa, acaba que eu fico parecendo uma stalker louca atrás dele. Só recentemente eu percebi que, eu realmente o amo, e não quero perde-lo… O que eu faço? O que eu digo? Já pedi perdão tantas vezes que ele me chamou de patética. Estou desesperada, eu o amo! Não consigo parar de pensar nele, preciso do perdão dele, o que faço?
R: 8 / I: 3 / P: 1

Como vocês lidam com fins de relações? Digo não necessariamente românticas, mas amizades, namorados, etc… Eu nunca consegui deixar as pessoas irem embora, nunca aceitei o fim de ciclos ou o fato de simplesmente uma pessoa tão familiar e próxima se tornar um completo desconhecido. Talvez isso se de por eu ser sozinha e não ter muitos amigos, então os poucos já contam demais e perder uma pessoa é como perder uma parte de mim. Eu estou mantendo na minha vida alguém que acho que já tem um bom tempo que não quer estar nela mas fica por mim ou pra eu não me sentir mal(?). Como tornar deixar as pessoas partirem um processo mais fácil?
R: 7 / I: 1 / P: 1

Não tenho amigos e me sinto mal. Não sei o que fazer, são férias e meu único meio de socializar era a faculdade, mas agora está em recessão. Estou mofando o dia inteiro no quarto e fazer amigo pela internet é extremamente entendiante e fútil.
R: 8 / I: 1 / P: 1

>musiquinhas
Enjooei.
>filmes
Enjooei.
>leitura
Sem ânimo
>álcool
Enjooei
>maconha
Enjooei
>tentar ter um hobbie
Nada desperta o meu interesse.
Porra, fiquei sem válvulas de escape. Tá tudo perdendo a graça nessa caralha.
Alguém aí é assim?
Me sinto a pessoa mais vazia do chan, não gosto de nada. Sou oca por dentro.
Como faço para gostar das coisas?
R: 6 / I: 2 / P: 2

A partir de agora serei normie:
>irei parar de ser channer
>farei uma conta numa rede social
>vou imitar o comportamento padrão das pessoas
>vou concordar com tudo
>vou parar de ver filme hipster como os dos tarkovsky, bergman, david lynch
>irei ver filmes da Marvel e coisas da netflix
>irei parar de ouvir shoegaze, indie, prog, musica experimental da Indonésia
>irei ouvir funk, forró, sertanejo, rap, pop, e afins
>irei me vestir como todo mundo
É isso. Vou ser normie e serei feliz. Cansei de ser solitária.
Não tenho brio para ser sigma e nem lábia para ter várias amigas. Não sei conversar com as p-pessoas. Vou tentar ser como as normies para não ficar dependendo da internet. Anseio coisas reais.
Talvez as normies sejam legais.
Quero deixar de ser a esquitona weeb frequentadora de fóruns de incel, mas a fobia social me fornica. Não tenho coragem para criar um perfil com foto minha e com nome. Sou anã desde cedo, peguei o hábito do anonimato.
Só que manter essa persona só me manteve sozinha. Vou tomar a bluepill e serei feliz.
R: 2 / I: 2 / P: 2

expressem seu ódio, se quiser, relatem

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
R: 5 / I: 2 / P: 2

Se tem uma coisa que não dá, é homem virgem e baixinho. Quando vem com o combo dos dois aí que é a merda mesmo. Tenho nojo total de homem virgem. Nojo! E nunca vou deixar um manlet tocar em mim. Jamais. Manlet, ninguém merece. Eu, quando noto que o cara é virgem, e eu digom mesmo, eu tenho uma intuição apurada pra perceber, só consigo imaginar que é um incel e frequenta chans.
R: 9 / I: 1 / P: 2

Anãs eu preciso de dicas, conselhos ou qualquer guia de como sair de casa.

Eu sinto que a cada dia fica mais insuportável ficar aqui, eu não consigo mais conviver com os meus pais e aguentar as birrinhas de sempre, tento ignorar mas é péssimo, eles são bagunceiros e tenho que viver na sujeira, não cuidam direito da minha irmã pequena e tenho que agir quase como mãe dela muitas vezes, eu faço estágio de manhã e estudo a tarde e nenhum dos dois trabalha, mas sou eu quem fica até de madrugada com a minha irmã, meu pai vive me humilhando e inclusive na frente de outras pessoas, tenho que obedecer ordens imbecis só porque sim, etc.

Já cogitei alugar um barraco com o meu pitango, mas sei que seria péssimo também porque nenhum dos dois ganha bem, já cogitei também ficar naquelas pensões ou coisas do tipo de faculdade caso a situação piore. Por enquanto eu consigo ficar aqui por mais um ano ou dois sem me matar eu acho, mas queria poder ter algum plano pro futuro ou alguma ideia do que fazer.

Se vocês tiverem alguma experiência ou suposição do que fazer vou ficar feliz.
R: 8 / I: 1 / P: 2

Que dia de bosta.
Uma ex-"amiga" minha ficou espalhando mentiras ao meu respeito para me difamar. Aconteceu que a minha mãe ficou sabendo e bateu em mim de cinto.
Tô com o corpo todo doído. Tô me sentindo humilhada, sem chão, com uma vergonha tremenda da minha existência.
Fode não ter mais de 20 anos no rabo e ainda levando pisa da mãe por causa de amizade tóxica.
Por que as pessoas são tão cruéis?
R: 14 / I: 5 / P: 2

Eeew… não consegui resistir e forcei vômito novamente. Eu tentei não fazer isso, mas eu pensei em todos aqueles corpos malhados e bonitos, infelizmente eu não consegui.
Eu conheci essa merda de transtorno depois de ter comido numa festa, uma "amiga" veio e me falou: você come muito, nem eu que sou gorda como tanto assim.
Voltei da festa e vomitei tudo, já estava meio grogue mesmo. Sempre quando eu como muito, faço isso. Faz dois dias que eu não como direito, comecei a passar mal… tive que comer. Eu comi muito, almocei, janta, doces, salgados…
Eu sou uma gorda descontrolada, ninguém jamais vai me querer, todo mundo sente nojo de mim. Desculpem por estar relatando isso aqui, eu não tenho amigas e só queria desabafar, mesmo achando que vou apagar depois.
Consegui um emprego, vou começar a trabalhar semana que vem, já estou com o uniforme. Ele não é folgado, marca toda minha maldita barriga… preciso emagrecer.
R: 1 / I: 0 / P: 2

Tô completamente de saco cheio de todos os meus amigos, e sinto que não tô mais fazendo parte de verdade dos grupos com quem eu amigava.
As anãs tem sugestões pra passar/ocupar o tempo enquanto me afasto dessas pessoas? Durante a pandemia especialmente passei muito tempo conversando e jogando com essa galera e agora tô sem ideias do que fazer por agora.
R: 50 / I: 22 / P: 2

POR QUE EU SOU TÃO BURRA?

Anãs, não sei mais o que fazer, estou me sentido mal. Aqui vai meu relato.

>anã classe média

>branca/bronzeada
>família grande e católica
>fazendo uma boa faculdade
>estagiando
>fofa e sociável

De certo modo, eu sou o que considerariam "a menina de ouro" e assim que meu namorado havia me conhecido, “uma menina de boa família, virgem que gostava de ler e ouvir músicas antiga", como se eu fosse uma bonequinha de porcelana, todos sempre me viram assim.

Meu namorado, por outro lado, também é o "cara perfeitinho":
>branco e loiro
>1,67m
<eu tenho 1,71 e sou mais alta que ele, kek.
>faz uma excelente faculdade de exatas
>não bebe e nem fuma
>lê livros e escuta música clássica
<é bem inteligente mas de um jeito meio normie
>romântico que manda presentes sempre e faz tudo o que eu quero
>ambivertido, do tipo que é quieto, prefere ouvir as pessoas, mas sempre conversa

Porém, mais recentemente, decidi começar a me impor mais, como pessoa mesmo. Comecei a fazer academia, esporte e teatro; expandi meu ciclo de amizades e comecei a ir mais para festas. Sempre fui bem segura quanto a não ficar com ninguém, por conta do meu namorado. Sempre fui fiel e ele sempre confiou em mim, porque na cabeça dele eu sempre fui a "virgem santinha".

Na natação eu conheci um cara que é diametralmente oposto ao meu namorado:
>moreno
>1,78m
<mas ele tem uma postura tão boa e se impõe tanto que eu mesma não acreditei quando ele me falou que tinha menos de 1,85m
>sempre fala alto e em bom som
>já deu palestras e vai para vários eventos e congressos de empreendedorismo ou acadêmicos
>tem um tom desafiador quando fala e sempre toca nas pessoas
>energético e tem um "quê" de ser meio cafajeste

Não sei o porquê, mas eu literalmente me vi praticamente molhada só conversando com ele. Mas ainda assim, não dei a entender nada demais com ele, eu simplesmente ria de tudo o que ele falava e eu achei que ele realmente não queria nada por coisas que ele fazia, como por exemplo:
>eu fui abraçar ele
<ele me afastou e falou que não gostava de menina muito grudenta
>mandei ele me chamar no whats para marcar outro treino
<ele falou que cobraria por um treino extra, ele nem é instrutor, kek.
>falei para ele que eu namorava
<ele falou "esse deve ser um cara de sorte”

Realmente pensei que ele fosse simplesmente um cara engraçado e amigável com todos, mas ele não saia da minha cabeça, ele me seguiu no instagram e eu segui ele de volta. Quase não postava stories no instagram, mas ai eu postei uns stories recitando uns poemas como quem não quer nada e ele respondeu falando que adorava Augusto dos Anjos, mandei um textão toda cheia de energia falando sobre como eu adorava poesia e ele simplesmente demorou quase um dia para me responder e quando respondeu, mandou alguns áudios (e que voz incrível, grave e potente parecendo de um locutor) conversamos mais um pouco, com ele sempre demorando cada vez menos para me responder, mas ele ainda assim demorando um pouco e eu toda ansiosa por cada mensagem dele, mas sem nada demais.

Depois disso, meu namorado veio em casa e eu estava cheia de tesão (muito disso por estar conversando com o outro cara), fui logo fazer um bola gato assim que ele chegou no meu quarto, mas tudo foi extremamente frustante, ele falou "nossa, amor, você não é assim. Aconteceu alguma coisa?" e simplesmente estragou todo o clima, até que ficamos agarradinhos nos esfregando mas não aconteceu nada demais (afinal de contas, eu era a virgem santinha).
R: 17 / I: 5 / P: 2

Romance Thread

Anã que traiu o namorado recentemente reportando a dentro.

Vocês acreditam/viveram o amor verdadeiro?

Acabei de assistir Before Sunrise e nunca chorei tanto assim com nenhuma outra mídia em toda a minha vida.

Por favor me reconfortem ou me rivotrilem com histórias de amor.
R: 4 / I: 1 / P: 2

Eu perdi o período de inscrições da faculgado principal do estado e tô completamente insegura sobre os concursos que vou prestar. Eu só queria ser estável e ter o mínimo de responsabilidade que alguém da minha idade tem…
R: 7 / I: 0 / P: 3

CUCKOLD

Anãs, meu namorado há algumas semanas está tentando me convencer a trai-lo com outro homem, disse que tem fetiche nisso… Não sei o que fazer, será que é um teste?
R: 12 / I: 2 / P: 3

Anãs que estão em relacionamento, vocês namoram alguém que e parecido com vocês?
Será que toda panela tem a sua tampa?
Até o diabão tem sua demonha. E eu aqui me sentindo esquisita por sempre ficar deslocada no meio dos normies.
Dizem que os opostos se atraem, mas não tive experiência positiva quando me envolvi com normalfags. Eu praticamente ficava calada, me sentia alheia aos assuntos do sujeito. Tentei emular ser outra pessoa, mas não adiantou.
Os únicos amores que tive foram platônicos, por gente que mora na casa do caralho.
R: 41 / I: 2 / P: 3

Vocês já namoraram um falho? Se sim, como aconteceu?
R: 1 / I: 0 / P: 3

Alguma anã já sentiu que nunca mais vai viver um amor tão intenso como um antigo? Digo, posso afirmar que já amei genuinamente uma pessoa nessa vida e até hoje não senti algo igual por mais ninguém. Já gostei de outros suínos mas nunca foi a mesma coisa, sabe? Sentir o coração acelerar de só ouvir a voz da pessoa, ficar pisando em ovos pra causar uma boa impressão pelo simples fato que você quer conquistar e passar uma boa imagem, dormir e acordar pensando nesse alguém, sentir seus olhos brilharem, fazer planos, sentir aquele frio na barriga só de sentir ele se aproximando, aquela sensação que vocês estão exatamente onde deveriam estar, como se o mundo parasse sempre que vocês estão juntos… Será que nunca mais vou sentir isso por alguém? Vai ser tudo tão foda-se? Estou vendo os anos passarem e essa ideia está me consumindo.
R: 6 / I: 1 / P: 3

Como acabar com a saudade?
Não aguento mais.
R: 14 / I: 0 / P: 3

Terminei com meu ex-namorado católico porque ele viajava muito pra pescar com os amigos e eu achava que, num futuro casamento, ele poderia me trair nessas viagens. Com meu namorado atual pagão, por medo de perdê-lo, perdoei até traição no primeiro mês de namoro. Qual a explicação pra isso, magali?
R: 11 / I: 6 / P: 3

EU NÃO AGUENTO MAIS SER SOZINHA!

Anãs, queriam que me dessem dicas em como melhorar: eu, quando criança, era literalmente muda (mesmo sabendo falar), não falava nada e não conversava com ninguém, sempre fui a "estranha" da turma. Isso porque meu pai sempre me batia e xingava, e isso me fez reprimir e ser desse jeito que me tornei.
Até hoje estou assim, mas estou disposta a mudar e queria fazer amigas, mas não sei como e nem sei o que fazer, vocês tem dicas?

Além disso, o que vocês fazem pra 'cobrir' a carência de vocês, sem socialização? ME AJUDEM!
R: 24 / I: 7 / P: 3

Já tiveram um relacionamento com alguém que não amam? Meio que estou nessa situação, preciso de conselhos ou pitacos já que não tenho ninguém pra pedir, mesmo se tivesse não teria coragem. Qualquer opinião será bem vinda.

Tive um longo "rolo" com um rapaz que acabou não dando certo, nos gostávamos só que não rolou por X motivos. Éramos dois deslocados, ele foi a única pessoa que eu nunca me senti patética ou falha do lado. Nesse tempo que nos afastamos um antigo amigo se reaproximou bastante de mim, ele insinuava muitas coisas relacionadas a relacionamento e eu esquivava pois não tinha o mínimo interesse, já que a única pessoa que cogitei ter um relacionamento sério em 20 anos de vida tinha ido embora e aparentemente estava indo bem sem mim. E ele sabia disso. Depois ele admitiu estar gostando de mim, mas eu jurei que fosse ser passageiro e que ele ia desistir quando percebesse que eu não tava afim, mas vou dar um skip nessa parte porquê vocês devem saber quando um homem tá na sua mão e fazendo de tudo pra te conquistar.

Ele sabia que eu não queria nada e que estava magoada por outra pessoa, mas QUE CARA INSISTENTE. Era quase uma persuasão diária, em uma semana me apresentou pra todos os amigos/família, eu só queria que as coisas não fossem tão afobadas assim. Marcamos um piquenique e eu já tinha ido decidida de por um ponto final naquilo. Estava esperando o vinho fazer efeito pra ter coragem de contar pra ele quando, do nada, ele tirou um par de alianças da mochila e me pediu em namoro. Tentei enrolar mas hora que ele disse que esse era o motivo dele ter feito tantas horas extras (as alianças foram BEM caras), minha cara caiu no chão. Seria muita filha da putagem dizer não ali, né? Fiquei sem graça ao extremo, a felicidade tava estampada no rosto dele. Aceitei por vergonha de dizer não.

Cedi a insistência e resolvi me dar a chance de ter ao lado alguém que realmente gostasse de mim. Ele é o cara perfeito, não temos nada a ver mas temos os mesmos planos a longo prazo (casar, ter filhos e outros), o que é um ponto. Pensei "Bom, com o tempo posso começar a gostar dele, quem sabe", e de fato, gosto muito dele, mas não o amo. Acho que nunca vou. Estou há meses num relacionamento com uma pessoa completamente dependente emocional de mim e que me faz fazer coisas que eu não quero. Não estou colocando a culpa nele, ele é um ótimo namorado, faz de tudo por mim e pela minha felicidade. Talvez eu que não fui mulher o suficiente de ter percebido o rumo que as coisas estavam levando e ter colocado um fim quando podia. Sinto que estou cavando a cova dele, quando/se eu por um fim nisso ele vai surtar.

Eu juro, não aguento mais. Quando eu penso em amor não é a imagem dele que vem na minha cabeça. Chegou num ponto que não consigo sequer sentir atração física por ele. Me sinto suja, patética quando ele me toca. Desde a primeira vez que saí "romanticamente" com ele tem sido uma tortura, só me vejo fazendo com uma pessoa tudo que uma vez planejei fazer com outra. Achei que com o decorrer do tempo isso ia passar, mas só piora. Fui "expulsa" de casa e estou passando um tempo na dele, se eu voltar pra minha família vou ser muito humilhada e ainda não tenho condições de arrumar um lugar pra mim. Devo insistir no certo ou terminar? O que digo pra ele? Ontem ele disse olhando nos meus olhos que o maior medo dele é me perder, que não sabe o que faria se eu terminasse. Me senti um lixo.

Meu deus, anãs. Me fodi. Mas acho que mereço isso.

Perdão pelo textão, anãs, só estou escrevendo continuamente da forma mais sincera possível.
R: 10 / I: 4 / P: 3

Queria parar de pensar em suicídio, mas a minha vida tá piorando gradativamente. Não quero entrar em detalhes por motivo de vergonha.
Enfim, esse ano tá terminando da pior forma possível.
Tô pensando em me internar numa clínica psiquiátrica, não sei se irei suportar. Não há mais nenhuma possibilidade de que algo irá melhorar.
Porra, por que é tão difícil ser feliz? Só me acontece desgraça.
R: 18 / I: 7 / P: 3

anãs, fiz pequenos furtos hoje. Roubei uma blusa da renner, um brinco e mais outras pequenas coisas, estou muito nervosa e me sentindo mal por ter feito isso. Vocês acham que vai rolar uma bosta muito grande se eu for na renner novamente?
R: 11 / I: 2 / P: 4

Relacionamento com pessoas de classe social abaixo que você

Oi anãs, estou ficando com um garoto da minha cidade, ele é bonito, legal, me faz rir, sabe conversar e eu estou gostando dele, o problema é que ele é só um repositor de supermercado e eu sou uma riquinha que foi mimada a vida inteira pelos pais ricos. Vocês acham que isso pode dar certo ? Eu chamei ele pra vim aqui em casa mas ele disse que tem vergonha e não iria se sentir muito bem, eu gosto dele mas não sei se isso pode dar certo. Já tiveram alguma experiência parecida ? Se sim como foi o desfecho ?
R: 12 / I: 4 / P: 4

zona amiga

Anãs, creio que pelo menos uma parte de vocês deva ser batata e solitária como eu, então gostaria de saber a opinião de vocês sobre isso. Sempre fui muito tímida, não tenho nenhuma amiga. De vez em quando homens se aproximam de mim e começam a conversar. Eu sei que eles o fazem apenas com segundas intenções, mas estou tão faminta por interações sociais que acabo rendendo conversa.
Eu tento não iludi-los, digo a verdade e que quero apenas amizade. Mas mesmo assim eles continuam insistindo, será que eu só deveria parar com isso? Vocês acham que é errado, que estou dando falsas esperanças? Geralmente eles se cansam, uma hora ou outra, mas raramente consigo manter alguns. Tenho um amigo assim há 4 anos, já conversamos sobre isso bastante e ainda assim, toda vez que eu baixo minha guarda ele tenta de novo.
É muito cansativo às vezes. De vez em quando me sinto um lixo por causa disso, parece que tudo o que eles querem é sexo. Mas por outro lado, é muito difícil para mim fazer amizades com mulheres, nos meios que eu convivo quase não tem e as que tem parecem não gostar de mim, geralmente.
R: 7 / I: 3 / P: 4

Vocês conseguem usar redes sociais normalmente?
Admito que antes de entrar nos chans, eu usava muito o cancro, ao ponto de postar coisas pessoais, fotos, e afins. Também saía adicionando gente desconhecida sem nem ao menos.
Após um bom tempo sem usar rede social, tentei fazer essas coisas de antes no grão, mas senti algo estranho, não me sinto mais segura com tanta exposição. Fui inventar de sair seguindo gente desconhecida, mas bateu vergonha.
Atualmente só consigo interagir no anonimato. Gosto dessa premissa de ser uma espécie de fantasma na internet.
R: 1 / I: 1 / P: 4

Anãs, vocês tem uma boa relação com a família?

Recentemente decidi morar com o meu namorado em outro estado e, desde então, fui completamente abandonada pela minha família. Sem exageros, não me mandam mensagens, não me ligam, nada! Para desencargo de consciência, me mandam uma pequena quantia de dinheiro (da qual nunca pedi, sempre partiu deles me enviarem) e só. De início eu ainda mandava mensagens constantemente, mas notei que era sempre eu que os procurava e fui diminuindo a frequência conforme arranjei emprego e fui me ocupando com as tarefas domésticas e faculdade.

Hoje, num acesso de raiva após um episódio ruim de notar certas coisas que não me agradam, os bloqueei das minhas redes sociais e pretendo seguir a minha vida dando a mesma importância que aparentemente me dão, que é basicamente nenhuma.

Gostaria de algumas dicas sobre como não me importar tanto visto que tive meu coração partido por meus próprios parentes.
R: 11 / I: 3 / P: 4

Anãs, conhecem algum chan ou forum voltado para transtornos alimentares?

Se não, seria interessante termos uma aba aqui no Magali?
R: 3 / I: 1 / P: 4

Escutando dream pop enquanto olha umas fotos antigas dele no Dropbox (é dolorido demais olhar as atuais).
>Sim, sou escravopinto, como adivinhou?
Temos anãs que ainda guardam fotos antigas de um amorzinho antigo ou que ainda cultivam na alma/coração um amor antigo?
Fode não, eu nunca vou superar…
R: 2 / I: 1 / P: 4

Não consigo estudar.
R: 5 / I: 1 / P: 4

Ciúmes

Anãs vocês também ficam incomodadas com seus parceiros que não sentem ciúmes? porque se a pessoa não sentem ciúmes eu já fico em posição fetal querendo terminar. Acredito que demonstrar ciúmes significa que a pessoa se importa com você e tem medo de te perder.
R: 4 / I: 1 / P: 4

2020/2021 foram anos amaldiçoados para vocês?
Sinto que esses dois últimos anos foram uma desgraceira coletiva.
Será que 2022 será menos pior?
R: 1 / I: 1 / P: 4

Atualmente estou trabalhando de domingo a sexta, folgando apenas sábado.
Tenho duas amigas, chamei uma pra fumar algo comigo e bater um papo, ela disse não. Então chamei a outra pra passarmos a noite juntas, a resposta também foi não, fiquei triste e vim chorando no trem (abluebalbaabHAHAHAHAHA). Fode não, minhas semanas estão sendo só trabalhar, trabalhar, trabalhar e dormir no sábado. Queria fazer algo diferente hoje, ver quem eu amo, passar um tempo juntas, que é algo que não fazemos faz tempo. Mas sei lá. Tanto faz também. Domingo estarei na ativa de novo e terei de esquecer isso querendo ou não.
Como vocês irão passar o final de semana, anãs?
R: 4 / I: 0 / P: 5

Hoje fui tapeada por uma cigana, fode não…
R: 6 / I: 0 / P: 5

Ficariam com um menino com um pênis de 12CM ?

Ele é bonitinho, conheci no curso de inglês e nos esfregamos no carro dele, passei a mãe nas partes dele e ele tirou e parou de me beijar e começou com aquele papo de fracassado, falando o quanto era inseguro e blá blá blá. Ficariam ?
R: 12 / I: 6 / P: 5

Eu amo ele demais, /b/. Como posso ser uma namorada melhor? Eu quero casar, ter filhos e morar com ele. Quero fazer tudo ao lado dele, quero que ele seja obcecado por mim como eu sou por ele, quero que ele ame cada pequena parte do meu corpo igual eu amo o dele. Eu só amo ele demais, nós não estamos juntos(namorando) mas sempre que conversamos um pouquinho eu fico eufórica e quero abraçar ele pra não soltar nunca, me sinto em êxtase ao lado dele. Meu sonho é estar com ele pra sempre. Choro só de pensar que vou estar longe dele.
Preciso da ajuda de vocês pra seduzir ele, pra ser boa e agrada-lo.
R: 10 / I: 0 / P: 5

Fui fumar o cigarrinho do capeta com um amigo. Chapamos. Ele tentou me beijar, eu achei ele sexy, enrolei por um bom tempo e beijei. Um dia depois estava me pedindo dinheiro pra maconha. Fode não beijar vagabundo. Nunca mais.
R: 27 / I: 4 / P: 5

Anãs, alguém já flertou com algum suíno desse tipo da pica?
Iria perder duro numa situação dessa.
R: 27 / I: 9 / P: 5

Vocês são danificadas? Se sim, chegam a se tratar?
Eu interrompi meu tratamento é tô há meses sem usar ansiolíticos, hoje vou na psiquiatra para pegar receita, tô com medo dela passar remédio caro, pois teve uma vez que ela ma passou um remédio de quase 100 reais, fode não.
O bom é que não preciso passar por psicólogo, só vou falar dos sintomas e pegar a receita.
R: 4 / I: 0 / P: 5

É, anãs! Acabei de fazer o meu currículo, e agora vou fazer algumas cópias distribuir amanhã pela cidade.
Deu tudo errado e agora vou ter que voltar para a estaca zero como CLT, mas como dizem: "sem dor, sem ganhos".
Me desejem boa sorte! :D
R: 5 / I: 1 / P: 5

Nunca mandem nudes.
Descobri que um ex meu fez um onlyfans e vendeu fotos minhas.
Alguém aí já passou por algo assim?
O desgraçado lucrou com a minha imagem.
R: 3 / I: 0 / P: 5

Vocês já se cansaram de tanto ficar em casa?
Não aguento mais tanta solidão e falta de interação. Até tentei fazer amiguinhasrsrs pela net, mas é sempre gente que mora muito longe. Eu até saio pelas ruas aleatoriamente, mas como moro num lugar muito pequeno, sair pelas ruas é como ficar caminhando por quintal.
Não tem absolutamente nada na minha cidade, aqui é um limbo. Pra ser sincera, até que sou meio acostumada em não ter amigas, mas geleio duro essas cidades com parquinho gramado, cheio de árvores, e etc. As praças daqui nem árvore tem.
Essa questão de ambiente influencia muito no meu desânimo, creio que seria menos infeliz se pudesse morar num lugar melhor, porém a pobreza e falta de meios para me mudar, acabam por me prender a esse lugar tão fodido.
Esse é um dos motivos pelo qual eu me mataria, não consigo ser feliz morando aqui.
R: 17 / I: 4 / P: 5

Anãs, preciso de ajuda. Vocês aceitariam tranquilamente o namorado de vocês permanecer amigo da última ex? Eu to me sentindo muito mal que ele foi atrás dela e pediu amizade no discord depois de meses de término, eu falei que me senti mal mas ele nem ligou :(
R: 1 / I: 0 / P: 6

Como lidar com a rejeição? Não aguento mais.
R: 3 / I: 0 / P: 6

Não aguento mais ser tão procrastinadora. Sempre tem algo que me desvia do que eu deveria fazer. Hoje perdi o dia todo arrumando meu quarto quando deveria ter concluído uma parte do meu TCC. Como vocês lidam com isso?
R: 8 / I: 4 / P: 6

Como é se apaixonar?
Anã com zero experiência amorosa aqui.
R: 8 / I: 2 / P: 6

Ao menos uma vez por semana meu namorado fala sobre a ex dele. Geralmente acontece quando estamos assistindo um filme ou série e do nada ele fala que um personagem parece com ela na maioria das vezes, não parece. As vezes na rua também, do nada ele diz que viu uma mulher que parecia ela. Isso está fodendo minha cabeça. Eles namoraram a muitos anos atrás e eram amigos também, então nunca tive ciúmes com ela. Será que ele ainda gosta dela? Desculpa se o texto ficou confuso, eu realmente não estou conseguindo organizar as ideias sobre isso.
R: 6 / I: 1 / P: 6

Eu só vim aqui pra chorar mesmo. Mas é sobre trabalho, sobre amizades, sobre oportunidades. Preciso tirar isso de dentro de mim, não posso falar isso em qualquer lugar:
>estou num meio profissional que eu gosto
>tenho reconhecimento muito bom e boas amizades
>várias amizades que eu levo pra vida
>já tenho até algum tempo de carreira
>já vi várias coisas na minha área acontecendo
>todo esse meu tempo de carreira, vi muitas pessoas antiéticas
>mesmo sendo até amigas delas, nunca me deram problema
>sou amiga de todos, dentro dos limites
>já fui tão arrogante e nem por isso tive problemas
>estou num ponto de refinamento tão bom
>nunca imaginei estar tão refinada na minha área
>com bons planos, boas pessoas pra me aconselhar
>tenho patrocinadora, mentoras, mentores, amizades sadias
>me aparece um rapaz novato e convencido
>me aproximo dele pra ser legal
>ele já não é querido e tende a ser enxotado em breve
>amigos me disseram que ele tem planos contra mim
>quando eu só fui legal com ele, nem fiz nada contra
Eu fico muito triste de ter que relatar isso.

Olha, anãs. Eu sou bem adulta, já. E eu sou obstinada por natureza. Eu não preciso tentar duro pra ter talento, mas mesmo assim eu tento. Eu já fui tão cansada desse tipo de batalha. Mas tão cansada.

E eu acredito que eu vou ter que arregar pra essa também. Já tomei minhas medidas. "Isolei" os problemas. Mas eu conheço o tipo. Eu sei que vem merda por aí pra mim. E eu não fiz nada.

>conversei com minha mentora

>conversarei com minha patrocinadora
>isolarei este problema
Eu já fui bem empolgada com as coisas da vida. Mas hoje eu to cansada desse tipo de coisa. Eu faço um esforço pra não ser misândrica. Mas se fizer merda comigo vai parar na cadeia. E mesmo assim, eu to cansada disso.


Eu estou na dúvida se eu me preparo e solto os cachorros contra esse rapaz. Eu sei muito bem ser covarde. Dez anos atrás eu tinha dó de quem ficava no meu caminho. Mas eu me satisfazia em pisar. Hoje eu já fiz tantas coisas maiores do que eu, que só gosto mesmo das coisinhas simples da vida. Não me motivo em fazer o mal a ninguém. Mas a regra da vida é bem essa.

<A minha regra: Eu não queria, mas se você quer, eu farei pra você coisas que o seu pior inimigo jamais faria.

Eu sou boa nisso. Não sou vingativa. Mas tentar estragar a minha vida é imperdoável.

Era só um desabafo, anãs. Por favor, se tiverem algo pra dizer, só contribuam se for construtivo. Eu tenho a mente aberta. E aceito bons conselhos.

Pirralhinha de 9 anos de idade se achando edgy, podem dar meia volta. A tia aqui é melhor que a mamãe de vocês. E sinto pena de vocês, se não tiveram uma mãe carinhosa. Porque eu sou.

É isto.
R: 26 / I: 8 / P: 6

Anãs, eu estou gostando de um filhinho da mamãe.
É um cara super gentil e educado, acho ele muito fofo porque ele extremamente ingênuo e lerdo lol.
Ele tem 27 anos e nunca namorou, só ficou enrolado mesmo.
De vez em quando me bate uma vontade de querer tirar toda inocência dele, não sei dizer.
Já sentiram algo assim?
Also ele não parece ter 27, mas uns 24.
Ele é encarnação do homem dócil e beta, teve um dia que falei um palavrão perto dele e ele ficou assustado.
Ele sempre ajudas as pessoas e é extremamente carinhoso com animais.
R: 10 / I: 0 / P: 6

>Tenha 12 anos de idade
>Receba uma mensagem do dono de uma grande comunidade no cancro
>Fique curiosa com o fato dessa pessoa ter chamado justamente você
>Descubra que ele é maior de idade
>Namore com essa pessoa e enjoe abusos verbais, chantagem emocional e ameaças.
>Anos depois do relacionamento ter acabado, depois de adulta, descubra que ele era anão.

Crianças deveriam ser proibidas de acessar a internet. Sinto repúdio de mim mesma só de pensar que fui bobinha o suficiente pra cair na lábia de um suíno dessa espécie.
R: 11 / I: 1 / P: 6

DERRUBEI O ESPAGUETE
Tava conversando com um carinha e tava tudo bem, até que chamei ele de autista no sentido memético. O boy ficou bravo e parou de me responder.
Tento ser social, mas isolamento e muito lixo da internet, estragaram a minha cabeça.
Não sei conversar normal. Até desconfio que tenho asperger.
Fode não ser doida e nem saber.
R: 9 / I: 3 / P: 6

Preciso de conselhos.
Eu tenho um vício em jogos em estado crítico. Moro sozinha, estou quase terminando minha faculdade e me inscrevi num concurso público. Eu preciso urgentemente estudar, mas eu passo o dia INTEIRO jogando! Pedi conselhos aos meus amigos e todos disseram para eu desinstalar, mas eles não entendem, não é tão simples assim… Então, eu decidi vender o meu computador gamer e comprar um notebook básico só para meus estudos, só assim eu consigo focar. O que vocês acham?
Se eu ficar com o meu computador, é certeza de que eu não vou conseguir estudar de jeito nenhum, vou procrastinar e jogar o dia inteiro. Meu caso é realmente complicado e só vou conseguir resolver assim, mas eu tenho muito medo de me arrepender, de ficar entediada e até louca por não ter mais jogos para passar o meu tempo. Farei certo se vender o meu computador para trocá-lo por um que só suporte estudos para que eu foque de verdade? E, podem me recomendar passatempos/hobbies para que eu passe o meu tempo caso o venda? Eu gosto muito de artes em geral, então qualquer sugestão é bem vinda.
Última pergunta, às anãs que não jogam, o que vocês fazem para passar o tempo?
R: 5 / I: 0 / P: 6

Não tenho coragem de falar sobre isso com alguém, vou desabafar nessa board então.
Recentemente fui diagnosticada com alopécia, que é, resumidamente, uma calvície feminina (pois é). Oque significa que estou perdendo cabelo pra caralho e provavelmente estarei careca em alguns anos. Não contei isso pra ninguém porque tenho muita vergonha, mas já aparecem falhas no meu couro cabeludo, eu não consigo nem me olhar no espelho de tanto desgosto, a parte frontal da minha cabeça não tem nem metade de fios que um dia já teve. Eu tenho 19 anos, mas essa queda capilar começou aos 15, por aí, desencadeei essa maldição por conta de estresse. Atualmente eu uso uma peruca, mas ela embaraça pra cacete porque não é cabelo humano, e eu não tenho coragem de sair sem ela porque me sinto muito, muito péssima. A minha feminilidade foi pro ralo e eu não sei lidar com isso, não consigo aceitar essa merda, eu deveria, né? Pra tornar o processo mais fácil. Mas não dá. Não consigo. Eu evito lavar o cabelo porque não suporto ver o tanto que cai a cada lavagem, a cada passada de pente, não consigo ver meus ombros cheios de fios porque caíram. É uma merda, eu me sinto um monstro com isso. Me dói saber que, se um dia eu tiver um namorado (não sei se alguém me amaria assim) ele não vai poder passar a mão nos meus cabelos, eu mesma já não gosto que toquem na minha cabeça por causa disso, é horrível.
Oque tenho pra dizer, anãs, é que se cuidem. Cuidem da saúde mental de vocês, desabafem, gritem, sejam grossas se isso for extravasar a raiva de vocês, mas não guardem pra si. Isso é se envenenar, e é por conta de eu ser tão retraída e jogar todos os meus problemas e insatisfações pra "debaixo do tapete" que eu estou sofrendo com isso hoje em dia.
R: 18 / I: 2 / P: 7

Anãs, preciso da opinião de vocês. Recentemente comecei a trabalhar como SAC em uma empresa. No meu terceiro dia atendendo, um mocinho ligou pra lá e ele foi muito gentil comigo, educado, riu de uma piadinha que eu fiz, e quando a ligação acabou eu fiquei triste porque peguei um fascínio só por ouvir a voz dele. Então puxei os dados dele no sistema da empresa, já que ele é cliente, e encontrei as redes sociais do mocinho, mesmo que isso possa me fazer perder meu emprego. Conversei com ele por umas duas semanas e temos bastante em comum! Inclusive vamos nos encontrar no final de semana para andar. Mas o coitadinho não faz ideia de que eu já o conheço e já nos falamos, eu não contei. Comentei com umas amigas minhas do que fiz e elas me chamaram de louca e psicopata, me apoiaram mas me disseram que sou doente e que isso não é normal e que não era pra eu contar pra ele nunca. Fode não, é tão ruim assim oque eu fiz? Eu acho compreensível a minha motivação, eu não tenho más intenções com ele. De qualquer forma, já marcamos de nos ver, então foda-se HAHHAHA. Mas oque vocês pensam sobre isso? Não sou doida, não é? Mas se eu for, eu não ligo também. Fode sim!
R: 1 / I: 0 / P: 7

sex

ei meninas eu queria saber se alguma de vcs poderia me ajudar
hj eu fiz s3xo com um menino aqui mas minha menstruacao nao desce faz uns 3 meses talvez eu tenha amenorreia, provavelmente deve ser algo psicologico e tal (nao, nao é gravidez)
mas a gente nao usou camisinha e ele g0zou fora,
nao sei eu so nao quero ter filhos e nem ficar me preocupando mt
alguma de vcs sabe se eu devo ficar tranquila ou nn
R: 29 / I: 14 / P: 7

Eu só queria transar…
Minhas únicas exigências são que ele seja branco, alto e limpinho, poxa /bê/.
>Anã com libido quase 0, mas que impressionantemente está com a libido nas alturas, alguma anã que possuem esses repentes?
<Eu não vou fazer loucuras, apenas vou tomar um banho, me deitar e dormir… Amanhã passa essa vontade.
R: 22 / I: 3 / P: 7

Anãs, vocês se relacionariam com um homem mais velho? Digo mais velho oito anos acima.
Caso já tenham se relacionado, compartilhem experiências…
Conheci um rapaz atualmente e ele é 27 anos mais velho, não sei se minha família vai aceitar e se é uma boa ideia continuar com isso. Eu tenho 18 anos.
R: 11 / I: 1 / P: 7

Fio de experiências com Tinder/apps de pegação.
Alguém tem alguma dica para iniciar a conversa? Não gosto de "oi, td bem, é de onde?" e nunca acho nada para comentar.
Meus últimos 10 matches eu desfiz logo após o match por puro pânico de não saber o que fazer.
R: 1 / I: 0 / P: 7

Mais uma decepção

Fui pegar um random ai, descobri q ele era um pardinha e manlet, não dei a foda e falei q minha mae tava no hospital so pra sair dali.
vcs ja passaram por algo parecido?
R: 2 / I: 0 / P: 7

Ugh, anãs.
Além de eu ter terminado meu namoro hoje, estou com uma cólica horrível.
Vontade de chorar e chorar e chorar.
Tô exausta de tudo.
R: 18 / I: 2 / P: 7

Oi, anãs.
Minha psicóloga e o meu psiquiatra me aconselharam a me separar do meu namorado pois estou muito dependente emocional dele, e ele desconta toda a raiva dele em mim, e eu até gosto sabe… Mas não estou numa boa fase pra aceitar isso, inclusive hoje o médico adicionou mais um remédio e me fez prometer que terminaria com ele.
Podem achar estranho e me xingar, mas eu chamo meu namorado de papai, e não consigo ficar sozinha porque meu namorado é o único que me da atenção, mesmo eu tendo que me sexualizar muito, eu gosto de quando ele tira um tempo pra mim, por que ele trabalha e faz faculdade.
Devo terminar com ele? me ajudem com conselhos por favor, não sei mais o que fazer, é muita pressão…
A-
R: 5 / I: 0 / P: 7

Anãs que são WLW, eu queria saber qual a visão de vocês sobre esses relacionamentos.

Porque as vezes quero uma pitanguinha e ser uma batata 'pra ela, porém são meninas muito concorridas, até a mais desprovida de beleza vai sempre ter uma garota ou garoto atrás.

E ainda tem o fato de as vezes eu só querer ficar com uma e elas quererem algo serio, ou quando eu quero algo serio elas serem aquela obcecada pela ex. Fora que odeio gostar de por me sentir danificada, fora o cope de pensar que vou ficar com ela ou ter algo com ela. Me digam ai como vocês se sentem sobre isso e suas experiências.
R: 37 / I: 11 / P: 7

Jogue vermelhinhas sobre homem.
R: 3 / I: 0 / P: 8

Porque, amigas? Porque esse sentimento parece uma motoserra me dislacerando por dentro? Eu odeio ser triste.
R: 0 / I: 0 / P: 8

Geleio a paixão entre o Robert Smith e a sua esposa.
Eles estão casados desde 1987, se conheceram no colegial, a mulher dele era produtora da banda, porém sempre se gostaram e dura até hoje.
A letra dessa música reflete no sentimento que ele tem por ela, e que letra linda.
Fode não, ninguém nunca irá gostar de mim dessa forma.
R: 4 / I: 0 / P: 8

CONSELHO

Olá!
Eu não sou de pedir conselhos, mas estou tão perdida nesses dias que eu não sei o que fazer.
Eu amo duas pessoas, eu sou completamente apaixonada por dois caras e nao da para ficar com os dois.
Tenho que escolher um..
O primeiro rapaz ele é careta, muito responsável e bom de vida, tem 25 anos
O segundo é totalmente atrapalhado e parece uma criança mlk de 28 anos mas eu amoo tantoooo
Eu vivo divida entre os dois, ja tentei namorar com um mas me sinto incompleta sem o outro e acabo traindo… e assim sucessivamente.
Não consigo escolher e nao consigo ficar solteira.
Meu desejo é de ficar com os dois mas eles nao da certo eu vivo um inferno constante….

Alguem ja passou por esse dilema? ;-;
R: 1 / I: 0 / P: 8

É normal ficar com vergonha de puxar assunto com quem a gente conhece?
Às vezes reluto em iniciar uma conversa por achar que estarei sendo inconveniente. Também acontece de eu ficar cismada quando me empolgo numa conversa, cismo de que a pessoa me achou abestalhada, fico com uma sensação de ter sido ridícula.
Fode não ser batata. Não sei como me portar num flerte.
R: 7 / I: 2 / P: 8

Qual a experiência de vocês e como lidam com a ansiedade? Estou no meu primeiro relacionamento sério e isso está me deixando maluca, mesmo estando TUDO bem, minha cabeça constantemente me diz que não está, estou lutando em silencio todos os dias contra essa voz desgraçada que me diz que eu vou ser abandonada e jogadas as traças de novo porque sou uma merda e tudo foi porque eu fui uma maluca que expos demais quem realmente é, onde qualquer resposta pouco menos empolgada dele me dá um gatilho de que eu vou ser abandonada enorme.
Eu só queria poder jogar fora todos as minhas experiências repetidas de abandono no lixo e viver uma vida tranquila com minha própria cabeça e meu pitango :(
R: 1 / I: 0 / P: 8

Não sinto nada além de desânimo e tédio.
Nem beber me alegra mais.
R: 6 / I: 0 / P: 8

Queria que a minha vida tivesse algo interessante IRL, não aguento mais depender da internet para me distrair, enjooei de tudo que me distraía aqui.
Alguém mais passa por isso?
R: 21 / I: 4 / P: 8

Tava vendo um fio no xã dos meninos sobre homens feios pegando moças bonitas, com objetivo de atiçar lulz nos olhistas.
Queria ver opiniões femininas sobre essa questão.
Vocês já ficaram com algum garoto muito feio? Se sim, como conseguiram sentir atração por alguém que não tem nenhum traço bonito? Personalidade é isso tudo mesmo?
Eu nunca gostei de gente feia, não me desperta desejo. Sim, já fiquei com gente feia, porque era o que tava no contexto, no entanto, não tive nada marcante com essas pessoas. Minhas melhores experiências afetivas e casuais, foram com gente bonita.
Acho que personalidade agrega muito, e quando possui um belo semblante, esse detalhe acaba sendo um bom, nisso libera aquela atração máxima, onde a sedução se mistura com romantismo.
R: 3 / I: 1 / P: 8

MIMI

Seguinte vou desabafar algo que tenho vergonha de falar com outras pessoas.
Eu tenho desejo GIGANTE de ser famosinhas nas redes sociais e ganhar dinheiro com isso ( eu to ligada que isso é fútil), o problema é que quando abro tik tok SINTO NOJO TREMENDO.
Eu odeio essas modinhas novas, não consigo me adaptar esse novo formato de redes sociais, essas trends blá blá, simplesmente não consigo…
E cada vez mais to me isolando tomando ranço (odeio essa palavra mas não me lembrei de nenhuma pra descrever sentimento) de tudo, não consigo nem mais conversar com as pessoas ate amigo, e nem usar redes sociais.
R: 5 / I: 1 / P: 8

>passei a tarde e uma parte da noite bebendo cachaça
>fumei maconha
>tomei um comprimido do anti-depressivo antes de dormir
>acordei sem sentir nada estranho
O que a foda? Tô sem entender essa feijoada, pois o remédio é forte e não houve uma intensidade no efeito.
Alguém aí já fez essa burrada?
Tô com pensamentos suicidas e ontem fiquei triste pra caralho, ao ponto de me entorpecer dessa forma. Acho que desse ano não passo.
R: 4 / I: 0 / P: 9

Passei na psiquiatra e ela me disse que eu preciso manter relações sociais reais para manter a sanidade mental. O problema é que eu sou seriamente danificada a ponto de ter surtado em público e virado meme na cidade de cu de mundo onde moro. Não faço ideia de como fazer amizades por aqui.
R: 2 / I: 0 / P: 9

Onde posso fazer amigos(as)? Estou precisando. Parece que não existe mais nenhum lugar que não esteja infestado de coomers e underages.
R: 4 / I: 0 / P: 9

Não sei porque a foda eu passei a desejar a solidão. Sempre sofri muito com isso, mas agora a minha vontade é de me mudar para uma cidade na puta que pariu aonde ninguém me conhece, arrumar um emprego em home office e só sair de casa para comprar comida e ir ao médico. É uma pena eu não poder fazer isso, pois não tenho um diploma e tenho pais idosos para cuidar.
R: 7 / I: 0 / P: 9

>no supermercado com meu morango
>deixo ele na ala de massas e vou procurar um shampu
>prateleira fica do outro lado
>escuto uma voz conhecida falando com ele
>era uma das colegas da mãe dele
>eles conversam um pouco e eu fico do outro lado da prateleira ouvindo
>ela pergunta como estamos e ele responde que estamos indo muito bem
>escuto ela falar um pouco mais baixo "Com todo o respeito e não me leve a mal, mas como um rapaz lindo como você namora uma mulher tão feia e gorda?"
>coração dispara e meus olhos se enchem de lágrimas na hora
>ele responde um pouco sem jeito "que não me acha nem um pouco feia e que além de não dar trabalho para ele, o trato com muito carinho e cozinho muito bem, coisa que a maioria das mulheres de hoje não fazem"
>sinto que foi uma alfinetada nela, pois a filha dela é uma vagabunda de marca maior que não para com ninguém
>eles se despedem e ela vai embora
>espero me recompor e volto para ele, onde ele me dá um beijinho na testa sem nem ao menos
>não toco no assunto e nem ele fala nada

Por mais que eu tenha gostado da resposta dele, ainda assim me sinto uma merda. Não é a primeira vez que escuto algum comentário maldoso vindo de algum conhecido ou até mesmo da família dele.

Sempre tive problemas com ansiedade, onde acabo comendo compulsivamente. Já tentei diversas dietas, mas nunca consigo perder mais do que alguns quilos que voltam rápido.
Ele nunca reclamou do meu peso, apenas demonstra preocupação com a minha saude.

Alguma anã já passou por uma situação similar?
R: 13 / I: 4 / P: 9

Como fazer amigas na internet? Estou tão solitária!
R: 4 / I: 0 / P: 9

A pessoinha que gosto demora para ficar on-line… fico com saudades sem poder nadinha.
Já aconteceu com vocês?
R: 30 / I: 3 / P: 9

Terminei um relacionamento e quero sair com outras pessoas, não tenho redes sociais, não tenho amigos para saírem comigo e não frequento lugares onde posso conhecer pessoas novas. Devo baixar Tinder, anãs?
R: 5 / I: 3 / P: 9

Namoro é coisa de gente descolada?
Noto que geralmente falhos tendem a ser péssimos em relacionamentos por conta da sua atitude refletir na fodidão da vida do sujeito. Já quem tem muitos amigos, experiência de trabalho, que vive mais tempo no mundo, e sabe se socializar bem, tendem a ter um bom histórico no quesito de relacionamento, tipo, ter tido várias namoradas, ter gente paquerando, e afins. Já os falhos, chegam a passar dos 30 sem sequer terem perdido o bv.
Sei que tem gente que não se envolve por opção, mas uma imensa maioria dos homens estão solteiros involuntariamente, isso causa frustração neles.
Homens são tão frustrados com a carência afetiva, que até inventaram um movimento para isso, tal como o MGTOW, só pra ficar de cope o dia todo na net e larpar de machão entre os outros betas frustrados.
Se a pessoa realmente tá bem solteira, creio que ela não fica querendo provar pra todo mundo.
R: 3 / I: 1 / P: 9

Anãs, hoje fui em uma farmácia para comprar uns "frufruzices". Acabou que como sou uma macaca, perguntei tudo o que precisava saber para a vendedora, perguntei até sobre como as vitaminas são vendidas. Acabou que ela me empurrou um cartão fidelidade da farmácia, mas o cadastro não foi finalizado, pois não estava com o meu espertofone. vou ter que voltar amanhã
No final, quando já estava indo embora ela me chamou e passou o verdinho dela para quando eu fosse voltar mandar mensagem para ela.
Bom, eu queria mandar mensagem para conversar com ela, talvez tentar uma amizade. Ela foi tão legal, mas suponho que ela só passou o verdinho para ganhar mais um cliente.
Devo chamar ela para tentar conversar? Se sim, faço o primeiro contato? Sou uma macaca social!
R: 10 / I: 4 / P: 9

Como ficar confortável dentro de casa ou até mesmo no próprio quarto? Depois de uma certa idade sinto que estou apenas existindo dentro do espaço, não tenho nenhum conforto ou algo que me deixe bem. Parece que no final só acordo e deito quando consigo dormir.
R: 17 / I: 1 / P: 10

>eu e meu pitango temos 26 anos
>estamos juntos há 4 anos
>ele só quer saber de sexo anal
>dei um gelo nele e disse que só quero fazer sexo normal porque tenho bloqueios
>não funcionou, ele broxou como nunca quando fomos transar
>ele não faz mais sexo normal comigo há um ano
>manipulador e insistente
>tenho problemas com meu corpo, não gosto de expor

O que eu faço?
R: 18 / I: 4 / P: 10

Acho que tenho uma espécie de azar no quesito de ter oportunidades para sair da falha, já afastei algumas pessoas de mim por causa dos meus erros, eu tento corrigi-los, mas acabo sempre errando, e novamente isso me leva a ficar só.
Sinto que nunca melhoro como pessoa, que tô predestinada a falha. Já passei várias horas devaneiando, tentando pensar em como posso melhorar, mas no fim das contas, eu retrocedo.
Não me encaixo em momentos de felicidade, tal como ter gente me amando, amizades duradouras, situações marcantes, e afins.
Passo maior parte da minha vida na desolação, mofando a minha juventude na frente de uma tela, sendo consumida constantemente pela infelicidade e o tédio.
Desisti de idealizar um esplendor no fim do túnel, só há abismos dentro de abismos.
Queria poder viver coisas boas reais, mas nunca vou poder viver. Só se vive uma vez, e falhei duro na minha chance efêmera de existir. Queria ao menos que a morte fosse mais fácil…
R: 9 / I: 1 / P: 10

Comparação com ex de namorado e meninas do instagram

Eu tenho 22 anos e não aguento mais me comparar com a ex do meu namorado e as meninas do instagram, a ex dele é perfeita maravilhosa linda, e eu sou uma ameba, temos 4 anos de namoro e não passou essa merda. Eu não gosto de ler, não sou culta, e SOU FEIA PA UM CACETE, já to com uns fios brancos, e me sinto ridicula e nojenta, a propria tidinha esquzoide, neet, a propria tomoko de watamote. eu so queria ser fofinha, delicada pra combinar com meus gostos..
Pior é o sentimento de inveja e fracasso, eles doem como facadas e não sei lidar com eles. Não tenho carteira assinada e nem perspectiva de vida e queria me churrascar logo, mas não queria deixar minha mãe nem meu namorado tristes.
R: 1 / I: 0 / P: 10

Gostar e querer isso é romantizar depressão?
R: 3 / I: 1 / P: 10

Como deixar de ser preguiçosa?
R: 17 / I: 0 / P: 10

>pitango entra na conta do Jewgle pelo meu esperto
>deixa logado durante meses
>noto ontem, e vou direto no Jewgle Fotos dele
>encontro nudes e vídeos dele transando com uma stacy da faculdade antes da gente se conhecer (2017/2018)

É sério, anãs. Não tenho o que reclamar do meu namorado. Realmente muito bom pra mim, atencioso, ajuda nas contas e nos meu problemas, sempre transamos muito e brigamos pouco.
Porém isso me abalou muito. Sei que fui idiota de procurar, mas de qualquer forma estou me sentindo traída, principalmente por ele nunca ter mencionado que fez isso, e no início do relacionamento a gente tinha saído junto com essa stacy e o namorado dela.

Enfim, anãs… Não mencionei nada pra ele ainda, e não sei o que fazer ou dizer. Estou certa por estar tão magoada?

Isso é motivo de dispensá-lo? Um relacionamento, como disse, bem sucedido e de pouco mais de dois anos.
R: 2 / I: 0 / P: 10

Tenho total certeza de que é impossível alguém gostar de mim por determinado tempo, não sou interessante o suficiente para manter uma pessoa afim de mim. Então logo que me aproximo de alguém, por mais bom que esteja o clima, eu já imagino essa mesma pessoa me repelindo um dia, de que vou ser tratada com indiferença e serei apenas um inconveniente fadado ao esquecimento.
Mais alguém aí é assim?
Será que sou tão enjoativa ao ponto de nunca passar de uma carência momentânea? Esse ciclo vêm se repetido desde que meu primeiro namoro acabou. Não sei mais o que esperar, meu pessimismo me prejudica bastante, mas parece que sou um ímã de tragédia, sempre acabo ficando triste e rejeitada no final, não sei disfarçar os meus defeitos.
R: 5 / I: 2 / P: 10

Descobri que estou flertando com dois irmãos no instagado. Fui descobrir quando um deles me ignorou e o outro veio me questionar sobre isso. Estou com a cara no chão, devem estar achando que sou uma puta. Se estiverem, não julgo, tinha várias fotos dos dois juntos e eu não vi. Eu frequento a mesma capela que eles, estou seriamente pensando em mudar. Isso que fiz foi um absurdo? Estou morrendo de vergonha, que coisa.
R: 4 / I: 1 / P: 10

O tempo é triste.
É no passar dos anos que as pessoas se distancieam, envelhecem, adoecem e morrem.
É no presente que as coisas acontecem, mas em determinadas épocas, a vida entra num estado de marasmo perpétuo, onde nada de legal volta a acontecer. E é nesses dias vazios que minha mente se enche de fornicações, a ideia de que vou ficar velha um dia, me faz ter um atrito com o tempo. Estou vendo tudo passar muito rápido, mas não consigo superar a minha procrastinação, o desânimo me faz ficar num loop, sem força para fazer nada de novo. O tempo é como um pé gigante me esmagando, sou muito falha, bê! Que desgraça ser assim, sou uma vergonha total.
Se sou o ápice da falha em plena juventude, imagina quando eu ficar velha, seria uma falha velha.
Tomara que Demiúrgo um dia me conceda o caminho das pedras.
R: 0 / I: 0 / P: 10

Sejam bem-vindas ao /escória/.. ;_;

A /escória/ é uma board destinada ao chororô.

Regras:

1) Assuntos relacionados a desabafos pessoais, sentimentos, problemas de socialização ou comportamentais e autoajuda são bem vindos aqui.
2) Mantenham o respeito dentro da board, não diminuam o problema das outras e não sejam grossas, lembre-se, todas nós podemos ter um dia ruim.
3) Lembre-se que não está no /b/.